Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio

Quem foi Walt Disney?

Confira a história do animador, dublador, produtor cinematográfico, cineasta, diretor, roteirista, e empreendedor responsável pelas histórias clássicas da Disney

Izabela Queiroz Publicado em 21/06/2022, às 18h30

Walt Disney - Divulgação/Youtube/ American Experience | PBS
Walt Disney - Divulgação/Youtube/ American Experience | PBS

Através de histórias que carregam significados e lições grandiosas como “Mickey Mouse”, “Pinóquio”, Aladdin”, “O Rei Leão”, “A Bela e a Fera”, “Frozen” e “Encanto”, a Walt Disney Company fez e continua fazendo parte da infância de muitas crianças por todo o mundo.

No entanto, nenhuma dessas narrativas chegariam aos cinemas, ou a casa de diversos pequenos ao redor do globo se não fosse por Walter Elias Disney, ou apenas Walt Disney, um dos fundadores da Casa do Mickey.

Sendo assim, caso você queira saber quem foi esse animador, dublador, produtor cinematográfico, cineasta, diretor, roteirista, e empreendedor, não se preocupe, apresentamos os principais fatos da trajetória de Walt Disney logo abaixo. Confira!

A origem

Nascido em 5 de dezembro de 1901 em Chicago, Illinois nos Estados Unidos, Walt Elias Disney passou a infância em Marceline, no Missouri, onde, com apoio de sua mãe, Flora Call Disney, e seu irmão, Roy, começou a dar os primeiros passos em direção as grandes animações, visto que já desenhava, pintava e por fim, vendia suas artes para os vizinhos.

No entanto, com a ascensão da Primeira Guerra Mundial, Walt tentou se alistar para o exército no ano final do conflito em 1918, mas não conseguiu entrar por ter menos de 18 anos, passando então a fazer parte então da Cruz Vermelha, onde atuou como motorista durante um ano na França.

Quando voltou ao seu país natal, o artista resolveu impulsionar sua carreira como ilustrador e, para isso, abriu sua primeira empresa, a Laugh-O-Grams, onde produziu alguns curtas animados. No entanto, o novo negócio não durou muito tempo e logo Walt teve que declarar falência.

Primeiros passos rumo ao sucesso

Determinado em fazer a produção de animações sua profissão, Walt contou com a ajuda de seu irmão Roy e do cartunista Ubbe Iwerks para abrir uma nova corporação, a Disney Brothers' Studio, que foi sediada em uma nova cidade: Hollywood.

Com tudo decidido e as portas do estúdio abertas, o trio começou a realizar os primeiros trabalhos, entre eles, a série animada "Alice Comedies", que surgiu na década de 20 e se tornou um grande sucesso na época. 

Mas, e o Mickey?

Walt Disney e Mickey Mouse
Walt Disney e Mickey Mouse. Crédito/Divulgação/Youtube/ American Experience | PBS 

Tempos depois, a equipe formada por Walt, Roy, Iwerks e suas respectivas esposas, deu início a criação de um novo personagem: Mickey Mouse, que recebeu primeiramente dois curtas-metragens mudos intitulados "Plane Crazy" e "The Gallopin' Gauch", e não foram veiculados em nenhum cinema devido a contratempos com distribuidoras.

Ainda assim, o personagem não foi descartado e, após o surgimento do som, Walt criou um novo curta estrelado por Mickey onde ele mesmo dublou o ratinho, atraindo grande público.

Com o sucesso de Mickey Mouse, ele não poderia deixar de ser visto nas produções do estúdio. Assim, em 1929, o personagem estrelou "Silly Symphonies", uma série de desenhos em que contava com a presença de Minnie Mouse, Pato Donald, Pateta e Pluto para deixar suas aventuras ainda melhores. 

Deixando um legado

Pode-se dizer que “Silly Symphonies” foi a porta de entrada para que o estúdio se tornasse o pioneiro em diversos âmbitos. Confira!

Primeira animação do estúdio a vencer o Oscar: “Silly Symphonies”, através do episódio "Flowers and Trees", recebeu o Oscar de melhor curta-metragem de animação. Veja o capítulo!

Primeiro longa-metragem animado da história: Feito conquistado com "Branca de Neve e os Sete Anões", lançado em 1937.

Primeiro a apresentar um programa completamente a cores: Surgido em 1955, o "Walt Disney's Wonderful World of Color” era exibido nas noites de domingo e apresentado por Walt Disney.

Primeira Disneylândia: O primeiro entre os grandiosos parques de diversões da Disney, foi aberto em 1955 em Anaheim, na Califórnia.

Vale lembrar ainda que o clássico "Branca de Neve e os Sete Anões" contou com um investimento de US$ 1,5 milhão, valor impensável para um filme na época. No entanto, o longa estreou e obteve grande aceitação do público, fazendo com que um novo estúdio fosse aberto e fossem realizadas produções de longas como "Pinóquio", "Fantasia" e "Bambi".

O fim 

A vida repleta de conquistas de Walt Disney, chegou ao fim em razão de um câncer em 15 de dezembro de 1966. Sendo assim, o último trabalho do artista foi "Mary Poppins", filme lançado em e 1964 que unia animação e live-action.

Cena de Mary Poppins
A atriz Julie Andrews caracterizada em cena de Mary Poppins. / Crédito: Divulgação/Disney