Recreio
Busca
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Entretenimento / Princesa

A princesa da Disney que seria a vilã de sua história, segundo teoria

Descubra qual é a princesa que, segundo uma teoria criada por fã, seria a verdadeira vilã de sua história

Redação Publicado em 13/05/2024, às 18h49 - Atualizado em 17/05/2024, às 11h09

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cena do filme WiFi Ralph: Quebrando a Internet (2018) - Reprodução/Disney
Cena do filme WiFi Ralph: Quebrando a Internet (2018) - Reprodução/Disney

Há 100 anos, a Disney adapta os contos de fada mais famosos do mundo. Nas histórias de princesas, essas personagens são normalmente apresentadas, de acordo com suas próprias características, como pessoas altruístas, bondosas, sonhadoras e corajosas.

Em suas tramas, as aventuras das protagonistas sempre vêm acompanhada de um bom vilão, que não mede esforços para atrapalhar a vida da personagem principal, e colocar seu plano maléfico em prática. Apesar de suas atitudes nem um pouco legais, nomes como Malévola, a Rainha Má, Gaston e Úrsula ainda são extremamente amados pelo público.

No entanto, uma teoria criada por um fã e compartilhada na plataforma Reddit (via ScreenRant), afirma que, na verdade, uma das princesas teria sido a grande vilã de sua história.

A vilã de Agrabbah

Segundo o internauta, Jasmine seria a verdadeira vilã de Aladdin, e que, na verdade, Jafar estaria trabalhando para a princesa. O usuário afirma que a garota tinha ciência de tudo o que a lâmpada poderia causar, e seria a única personagem que se beneficiaria em "manter as aparências".

Assim, sabendo que não poderia enviar pessoas em busca da lâmpada de forma oficial, acaba usando Jafar, que era louco por poder e apaixonado por ela exatamente por ser uma pessoa poderosa — afinal, é a filha do Sultão e a principal herdeira do trono.

Cena da animação "Aladdin" (1992)
Cena da animação "Aladdin", lançada em 1992 / Crédito: Reprodução/Disney

O autor da teoria ainda aponta que Jasmine não teria se apaixonado por Aladdin apenas por seu jeito de ser. Segundo o usuário, a princesa se sentiu atraída por ele, pois, sabia que o garoto estava com a lâmpada, e desde o início tinha consciência de que ele não era uma pessoa da realeza.

Apesar do internauta afirmar que não conseguiu encontrar evidências sobre qual seria o motivo para Jasmine querer a lâmpada, o fã ainda destaca que, durante o filme, a princesa apresenta seu lado enganador e manipulador quando finge estar apaixonada por Jafar, fazendo com que Aladdin e Gênio acreditassem em sua mentira, além de sempre conseguir o que quer de seu pai.

Mesmo que, para alguns, a teoria possa fazer sentido, o portal ScreenRant derrubou a hipótese ao levantar as tramas apresentadas nas sequências de “Aladdin”, intituladas “Aladdin: O Retorno de Jafar”, lançado em 1994, e Aladdin e os 40 Ladrões”, de 1996.

Isso porque os dois filmes são responsáveis por continuar a história de amor entre Aladdin e Jasmine, apresentando até mesmo o tão esperado casamento do casal, quebrando a suposição de que a princesa teria se casado com o protagonista apenas por interesse à lâmpada.

Cena da animação "Aladdin e os 40 Ladrões" (1996)
Aladdin e Jasmine em cena da animação "Aladdin e os 40 Ladrões" (1996) / Crédito: Reprodução/Disney