Recreio

Pets podem pegar doenças dos seres humanos?

Descubra se os animais correm o perigo de pegar doenças que são comuns em seres humanos

Letícia Yazbek Publicado em 26/05/2020, às 11h14 - Atualizado às 11h15

Cena da animação A Vida Secreta dos Bichos - Divulgação
Cena da animação A Vida Secreta dos Bichos - Divulgação

Algumas doenças podem ser transmitidas entre humanos e cães ou gatos. Elas são chamadas de zoonoses e a maioria é causada por vermes e protozoários. As mais comuns são a toxoplasmose, leptospirose, Doença de Chagas, teníase, bicho geográfico e infecções intestinais.

Cachorros e gatos não correm risco de serem contaminados por vírus transmitidos pelo mosquito Aedes aegypti (em humanos, causam dengue, zika e chikungunya). Apesar de conseguir picar outros animais, o inseto só infecta o homem. Mas atenção: continue atento com a sua proteção e a da sua família!

Parecido e diferente

O vírus da gripe só costuma causar a doença em determinada espécie. Por exemplo, a gripe canina é um vírus que só é transmitido de cão para cão. O mesmo acontece com os gatos: a gripe dos felinos só pode ser passada entre eles. Assim, seres humanos não pegam os vírus de cães e gatos, enquanto eles não se contaminam com o nosso vírus.

Os sintomas de gripe nos pets são similares aos nossos – incluem problemas respiratórios, nariz escorrendo, tosse, olhos lacrimejantes e cansaço. Se notar que seu pet está doente, fale com seus pais para consultar um veterinário.

Cuidados evitam o contágio

- Evite compartilhar cama, sofá e alimentos com o pet
- Não faça carinho perto dos lábios, nariz e olhos do bicho
- Recolha rapidamente as fezes e a urina do animal (e desinfete o lugar)
- Lave os objetos do pet separados dos objetos dos humanos
- Fale com seus pais e levem o bicho de estimação para se consultar com um veterinário de tempos em tempos


Consultoria: Guilherme Soares (médico veterinário) e Jonas Byk (biólogo especialista em comportamento animal).