Recreio

O que se sabe sobre o Planeta X?

Algumas evidências indicam que o sistema solar pode ter mais um componente:

Redação Publicado em 04/06/2020, às 20h33 - Atualizado às 20h52

Infelizmente, não existem imagens oficiais do planeta - Divulgação
Infelizmente, não existem imagens oficiais do planeta - Divulgação

Em 2014, seis objetos rochosos foram descobertos no Cinturão de Kuiper, uma região perto da órbita de Plutão (parecida com o Cinturão de Asteroides, mas muito maior e mais largo). Os astrônomos perceberam que esses corpos tinham atividade irregular, indicando que poderiam sofrer inf luência da força gravitacional de um grande astro.

E agora?

Para os astrônomos, duas possibilidades seriam capazes de explicar a mov imentação dos corpos do Cinturão de Kuiper: uma grande massa de objetos ou um nono pl aneta no sistema solar – o suposto Pl aneta X.

O nome Planeta X não é novo. O apelido foi dado pelo astrônomo norte -americano Percival Lowell (1855 - 1916) a um possível objeto que estaria causando per turbações nas órbitas de Urano e Netuno. As buscas levaram à descoberta de Plutão em 1930.

Mas, em 1978, a massa de Plutão foi calculada com mais precisão e ficou claro que ele não poderia ser a origem da ques tão. Com isso, foram retomadas as buscas pelo Planeta X e houve até um momento em que se pensou que ele não ex istir ia

Estima-se que o suposto Planeta X es teja a 60 bilhões de quilômetros do Sol, com massa equivalente a dez vezes a do nosso planeta. Ele levaria entre 10 mil e 20 mil anos para completar uma volta ao redor do astro-rei.