Recreio

O que já disse o produtor de 'Aquaman' sobre o incômodo dos fãs com Amber Heard, a Mera

A atriz é alvo de uma petição para retirá-la da produção; Entenda!

Redação Publicado em 29/04/2022, às 18h08

Amber Heard como Mera em "Aquaman" - Divulgação/ Warner Bros. Pictures
Amber Heard como Mera em "Aquaman" - Divulgação/ Warner Bros. Pictures

Amber Heard é responsável por dar vida à personagem Mera em “Aquaman”, filme que deverá ter sua sequência divulgada nos cinemas em 2023. No entanto, a presença da atriz nos filmes derivados das HQs da DC não tem agradado alguns fãs da franquia, que em 2020 criaram uma petição para retirá-la da produção. Para se ter ideia, na última quinta-feira, 28, a petição chegou a marca de 2 milhões de assinaturas.

O movimento foi criado após o crescimento das polêmicas que envolvem Heard e seu ex-marido Johnny Deep, repercussão que tive início após a atriz relatar experiências de violência doméstica no Washington Post e que ganhou diversos desdobramentos nos últimos três anos, incluindo processos.

Mas o que pensa Peter Safran, o produtor de Aquaman?

Apesar dos pedidos contidos no documento, Peter Safran, produtor do longa-metragem contou em uma entrevista ao Hero Nation, do Deadline, em 2021 - quando a petição ainda estava no começo - que a Warner não iria reagir pois "Honestamente, é pura pressão dos fãs. É preciso fazer o melhor para o filme".

“Sentimos que se é James Wan e Jason Momoa, deveria ser Amber Heard. Isso é realmente o que era. Não se sabe o que está acontecendo no Twitterverso, mas isso não significa que você tenha que reagir a isso ou tomá-lo como evangelho ou aderir aos seus desejos”, continuou o produtor.

Safran concluiu o bate-papo contando que o foco sempre foi escolher as melhores decisões para o longa-metragem: “Você tem que fazer o que é certo para o filme, e foi assim que chegamos nele.”.

“Aquaman and the Lost Kingdom” será o segundo filme focado nas histórias do herói aquático da DC. Com direção de James Wan, a nova produção da Warner Bros. Pictures deve chegar aos cinemas brasileiros em 17 março 2023.