Recreio
Entretenimento / Personagens

Conheça a história do 'Homem Que Ri', o conto que serviu de inspiração para o Coringa

Diferente do Palhaço do Crime, o personagem original estava longe de ser um vilão movido por maldade. Descubra!

Daniela Bazi Publicado em 10/09/2021, às 11h04 - Atualizado às 12h02

Coringa para os quadrinhos da DC Comics - Divulgação/DC Comics
Coringa para os quadrinhos da DC Comics - Divulgação/DC Comics

O Coringa é um dos personagens no qual uma de suas principais marcas é o seu rosto extremamente assustador. A inspiração para essa característica marcante não teria vindo do nada, e sim de um filme lançado no ano de 1928, intitulado de O Homem Que Ri — baseado em um conto escrito pelo mesmo criador do clássico musical Os Miseráveis, Victor Hugo — que acabou se tornando importantíssimo para a história do cinema.

Nele, era contada a bizarra história de um lorde chamado Gwynplaine, que tem sua boca deformada por um homem que o teria comprado após a morte de seu pai, o obrigando a ficar o tempo inteiro sorrindo para que “desse risada sobre seu pai tolo”. Após a tortura, o homem acaba sendo abandonado junto com uma garota cega no meio da neve, mas consegue salvá-los e arrumar um dinheiro ao entrar em uma espécie de circo dos horrores, onde recebeu o nome de Homem Que Ri.

coringa
Cena do filme O Homem Que Ri (1928) / Crédito: Divulgação/Universal Pictures

Diferente do clássico palhaço da DC Comics, em momento algum o personagem ficou louco devido a sua deformidade. No filme, Gwynplaine se torna a atração principal do circo e acaba se apaixonando pela garota cega no qual o acompanhava e, mesmo após ser reconhecido pela rainha Anne, que o chama para voltar a seu cargo, ele decide abandonar a vida de lorde para continuar ao lado de sua amada.

Durante uma entrevista no ano de 1994, Bob Kane, um dos responsáveis pela criação do vilão que estreou em 1940, comentou sobre como surgiu a referência para o personagem. “Bill [Finger] e eu criamos o Coringa. Bill era o escritor. Jerry Robinson veio até mim com uma carta de baralho do Coringa. Essa é a maneira como eu resumo. Mas ele parecia Conrad Veidt. Então Bill tinha um livro com uma fotografia de Conrad Veidt, ele mostrou para mim e disse: 'Aqui está o Coringa'", comentou.

coringa
Imagem promocional do Gwynplaine, para O Homem Que Ri (1928) / Crédito: Divulgação/Universal Pictures

Além do enorme sorriso, o cabelo para trás e o olhar marcante também foram alguns dos aspectos de Gwynplaine que foram adotados para o Coringa. Nos cinemas, em Batman: O Cavaleiro das Trevas, também é revelada que assim como no filme de 1928, o riso do vilão foi causado por causa de uma mutilação. Contudo, diferente do Homem Que Ri, o olhar de do Palhaço do Crime não era trágico, mas sim motivado de muita maldade causada por suas loucuras.