Recreio
Entretenimento / Música

Jungkook revela medo de se separar do BTS e emociona fãs

No sexto episódio de Break the Silence, o maknae de um dos maiores grupos de kpop revelou seus receios sobre o futuro do grupo

Daniela Bazi Publicado em 28/05/2020, às 18h41 - Atualizado às 18h44

BTS e Jungkook - Divulgação
BTS e Jungkook - Divulgação

Nessa semana, foi lançado o sexto episódio do documentário Break the Silence, do BTS, arrancando muitas lágrimas de todas as Armys. Nele, Jin, RM, J-Hope, Jimin, Jungkook, V e Suga falam sobre assuntos como aposentadoria e o futuro distante do grupo.

Durante a conversa, os membros revelaram que quando esse momento chegar eles planejam permanecer positivos e continuar a amizade, apesar de tudo. No entanto, após J-Hope falar para deixar esse assunto de lado, Jungkook revelou que nem gostaria de pensar sobre isso.

No episódio, o maknae do BTS disse o quanto se preocupa sobre o término do grupo e o que ele fará quando estiver sozinho. “E se o BTS se separar de repente? O que eu poderia fazer sozinho? Quando pensei nisso, percebi que não tinha nada. Não há muito que eu possa fazer”, comentou.

Ele ainda completou dizendo "Sempre que penso nisso, me preocupo muito. Às vezes, quando estou sozinho, há momentos em que sinto um medo avassalador tomando conta de mim".

Em episódios anteriores do documentário, Jungkook já abriu seu coração e disse que os membros não eram mais apenas seus colegas de trabalho, e sim seus melhores amigos. “Eu me mudei para Seul em uma idade muito jovem e realmente não tinha melhores amigos. Os membros são os que estão sempre ao meu lado, e os que eu passo mais tempo. Eu acho que eles me fazem sentir emoções difíceis de descrever. Parece que somos companheiros, e eles me ajudaram a perceber o que é amizade. Família. Eles não são da minha família de verdade, mas eles me fazem sentir como se fossem. Há momentos em que sinto uma estreita ligação com eles”, revelou.