Recreio
Entretenimento / Personagens

Ho Yeh Li: a médica que se tornou personagem da Turma da Mônica

A doutora ganhou uma homenagem da Maurício de Sousa Produções devido a seu trabalho durante a pandemia

Redação Publicado em 11/06/2020, às 14h31 - Atualizado às 14h32

Ho Yeh Li com sua personagem da Turma da Mônica - Divulgação/Maurício de Sousa Produções/Ho Yeh Li
Ho Yeh Li com sua personagem da Turma da Mônica - Divulgação/Maurício de Sousa Produções/Ho Yeh Li

Que a Turma da Mônica vem se empenhando para ajudar o máximo possível na pandemia todo mundo já sabe. Agora, a Maurício de Sousa Produções decidiu demonstrar gratidão aos profissionais de saúde, e homenagear uma infectologista em específico, criando uma personagem médica baseada nela.

Ho Yeh Li é a doutora homenageada. Ela nasceu em Taiwan, vindo para o Brasil pela primeira vez em 1983. Logo ela se naturalizou brasileira, se formando em medicina na Universidade de São Paulo (USP). Após alguns anos de muito esforço, Yeh Li conseguiu se tornar coordenadora da UTI de infectologia do Hospital das Clínicas de São Paulo, que é referência na área.

A ideia de criar uma personagem inspirada na médica como forma de agradecimento surgiu após o trabalho de Li no início deste ano na volta de 34 brasileiros que estavam na cidade de Wuhan, na China, que era o maior epicentro do Covid-19 na época.

turma da mônica
Personagem da doutora Ho Yeh Li em Turma da Mônica / Crédito: Maurício de Sousa Produções

A homenagem conteve a parceria do projeto Donas da Rua e da ONU Mulheres, tornando Ho Yeh Li a primeira profissional da saúde a se tornar uma personagem da turma mais reconhecida do País. O tributo também surge com o intuito de demonstrar a importância das mulheres que estão na linha de frente da luta contra o coronavírus. Durante sua luta contra a doença, a doutora também chegou a ser infectada durante o mês de abril, mas conseguiu se recuperar e já está de volta ao trabalho.

Mônica Sousa, diretora-executiva da Maurício de Sousa Produções e filha do próprio criador da Turma da Mônica, disse que “A exemplo da Ho Yeh Li, o papel das mulheres na ciência é muito forte, mas pouco evidenciado. Nosso papel é apresentá-las às meninas para que se sintam motivadas e inspiradas”.