Recreio

Final Alternativo de Esquadrão Suicida faz revelação impressionante sobre Coringa

Segundo o diretor David Ayer, a cena em questão chegou a ser filmada e editada, mas foi excluída da versão final

Daniela Bazi Publicado em 21/07/2020, às 16h37 - Atualizado às 16h38

Imagem promocional do filme Esquadrão Suicida (2016) - Divulgação/Warner Bros. Pictures
Imagem promocional do filme Esquadrão Suicida (2016) - Divulgação/Warner Bros. Pictures

Após o lançamento de Esquadrão Suicida, em 2016, um dos maiores questionamentos feitos pelos fãs foi a falta da presença do Coringa interpretado por Jared Leto nas telonas. E, por incrível que pareça, o diretor do filme David Ayer concorda com todas essas críticas.

Na manhã de ontem, o cineasta respondeu a um fã em sua página no Twitter perguntando sobre a procedência de um possível pedaço do roteiro que havia sido vazado. David confirmou que era real, e ainda disse que a cena em questão havia sido filmada e editada, mas foi cortada da edição final pelo estúdio.

Nela, os membros do Esquadrão Suicida acabam encontrando o Coringa e a Magia, interpretada por Cara Delavigne, no confronto final, e descobrem que o palhaço havia furtado o controle de todos os explosivos que estavam conectados no pescoço dos integrantes, além de ter sequestrado Amanda Waller, feita pela atriz Viola Davis.

Com o lançamento do Snyder Cut de Liga da Justiça, Ayer também iniciou uma campanha para que sua versão do filme dos vilões da DC seja lançado, e vem sendo apoiado por milhares de fãs ao redor do mundo que ficaram decepcionados com a versão final dos cinemas.