Recreio
Entretenimento / Curiosidade

Fim da Nutella? Candidato à presidência da França quer proibir o alimento

Jean-Luc Mélenchon argumenta que o doce não é bom para a dieta das crianças

Redação Publicado em 30/09/2021, às 11h38 - Atualizado às 11h55

Fim da Nutella? Candidato à presidência da França quer proibir o alimento - Reprodução/Ferrero
Fim da Nutella? Candidato à presidência da França quer proibir o alimento - Reprodução/Ferrero

Antes de serem eleitos, os candidatos à presidência costumam fazer as mais diversas promessas em suas campanhas, porém, algumas podem causar o estranhamento dos eleitores. Esse foi o caso de Jean-Luc Mélenchon, candidato à presidência na França, que gostaria de proibir a venda da Nutella no país.

O candidato é defensor políticas públicas direcionadas a alimentação infantil e explicou recentemente em entrevista ao jornal Liberation o motivo para ser contrário ao famoso creme de avelã. Segundo ele, o alimento incentiva o atual cenário de "insegurança alimentar coletiva".

Mélenchon também comentou que a Nutella "não é boa para as crianças, não é boa para a floresta e não é boa para os animais que lá vivem" na entrevista e, quando perguntado sobre a interrupção de sua comercialização, ele respondeu: "Por que não? Por que continuar?".

O candidato à presidência ainda acrescentou que quer regulamentar a publicidade das comidas direcionadas às crianças, buscando racionar ingredientes como açúcar, sal e corantes, e incentivar o consumo de alimentos de origem natural, como frutas, verduras e legumes.