Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Entretenimento / Mc Caverinha, Fabio Brazza e Pedro Lotto

Feat de Mc Caverinha, Fabio Brazza e Pedro Lotto se torna hit da Gincana da Jornada X

Falando sobre a importância da volta às aulas, o feat de Mc Caverinha, Fabio Brazza e Pedro Lotto já esta disponível no streaming

Redação Publicado em 03/08/2022, às 16h36

Mc Caverinha, Fabio Brazza e Pedro Lotto - Divulgação
Mc Caverinha, Fabio Brazza e Pedro Lotto - Divulgação

Chegou ontem, 2, às plataformas digitais e canais do Youtube da @Jornada X e do Instituto Baccarelli, o videoclipe de “O Poder do X”, hit da Gincana da @JornadaX gravado e filmado em São Paulo. 

Nascido de uma collab entre Mc Caverinha, Fabio Brazza e Pedro Lotto, o hit conta com um chamado para a volta às aulas feito na voz destes ídolos da juventude brasileira. O clipe, que possui 3 versões, faz parte da estratégia de narrativas desenvolvida pelo coletivo internacional de inteligência criativa ASAS.br.com para a Gincana da @JornadaX, criada pela ONG Livelab.

Gravado durante a primeira edição da Gincana na Escola Cidade Hiroshima em São Paulo, o clipe tem ainda a participação dos 77 músicos da Orquestra Sinfônica Heliópolis e do Coral Heliópolis, sob os arranjos do mestre Ruriá Duprat e traz, além das estrelas do trap/rap/funk citadas, todos os mais de 800 alunos participantes da gincana piloto, fazendo a coreografia que promete viralizar nas redes sociais.

"Eu acredito muito nessa luta da educação, da poesia, da arte como ferramenta de transformação social. Eu mesmo fui transformado por elas" declara Fabio Braz, autor da letra e um dos maiores entusiastas deste processo.  “Somos um núcleo de resistência – uma aceleradora de propósitos através de conteúdos humanistas. Existimos para criar projetos de multinarrativas que inspirem e movam a sociedade para lugares duradouros, plurais e diversos, completa Paula Trabulsi, da ASAS.br.com.

Com início na cidade de São Paulo em 2021, a Gincana da @JornadaX avança em sua trajetória nacional e chega aos estados da Bahia, Pernambuco, São Paulo, em mais de 40 escolas públicas, com um impacto direto, ainda em 2022, de cerca de 30 mil alunos, professores e demais participantes do processo de educação nas escolas públicas, onde a evasão escolar tem atingido índices alarmantes.