Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Entretenimento / Mulher-Hulk

Equipe de 'Mulher-Hulk' volta a defender CGI da série

Além de falaram sobre os efeitos de 'Mulher-Hulk', a produção também comentou sobre as condições de trabalho dos profissionais dessa área

Redação Publicado em 04/08/2022, às 12h24

Cena do trailer de 'Mulher-Hulk: Defensora de Heróis' - Youtube/Marvel Brasil
Cena do trailer de 'Mulher-Hulk: Defensora de Heróis' - Youtube/Marvel Brasil

Durante o painel da TCA, na tarde da última quarta-feira, 3, a atriz Tatiana Maslany e a diretora Kat Coiro, integrantes da produção de “Mulher-Hulk” , defenderam o trabalho de efeitos especiais da série, que vem recebendo várias críticas, principalmente por conta do CGI. Elas também abordaram as denúncias sobre as condições precárias de trabalho nessa indústria. 

A atriz responsável por dar vida a protagonista  disse: 

Eu defiro totalmente o quão talentosos são esses artistas, e o quão rápido eles são obrigados a trabalhar. Obviamente, as produções dão menos tempo a eles do que provavelmente deveriam. Acho que precisamos nos manter conscientes de como as condições de trabalho não são ideais, e mesmo assim tivemos avanços incríveis nessa indústria".

Já a diretora do seriado comentou que se solidariza com os artistas de efeitos especiais por conta da demanda que os mesmos possuem. 

Nós não estamos com eles nos bastidores o tempo todo, vendo as longas horas que eles trabalham. Se eles estão sentindo pressão excessiva, eu os apoio e acho que devemos ouví-los", disse Kat Coiro.

Em relação às críticas ao CGI de “Mulher-Hulk”, Coiro acredita que elas não são justificadas. 

Acho que um pouco disse tem a ver com a forma como a nossa cultura acha que o corpo feminino é sua propriedade. Muitas das críticas se concentram no tipo de corpo que escolhemos dar a ela. Nós a baseamos em atletas olímpicas, não em halterofilistas, mas acho que se tivéssemos feito o contrário, também seríamos criticadas. É difícil vencer quando você está fazendo corpos femininos", declarou.

Com a estreia prevista para 18 de agosto no Disney+, a série "Mulher-Hulk: Defensora de Heróis", que terá o retorno de Mark Ruffalo como Hulk,  contará a história de Jennifer Walters, uma advogada e prima de Bruce Banner, que também acabou sendo exposta à radiação gama e se transforma em Hulk.  Benedict Wong (Wong em “Doutor Estranho”), Tim Roth (Abominação) e Charlie Cox (Demolidor) confirmaram participação na trama. Confira o trailer!