Recreio

Entenda as polêmicas por trás da franquia de Animais Fantásticos

Conflitos, processos, críticas e boicotes fazem parte da trajetória da autora J.K. Rowling e dos atores Ezra Miller e Johnny Depp

Redação Publicado em 07/03/2022, às 18h55 - Atualizado em 15/04/2022, às 11h00

J.K. Rowling e os atores Ezra Miller e Johnny Depp - Divulgação/ Warner Bros. Pictures/ Getty Images
J.K. Rowling e os atores Ezra Miller e Johnny Depp - Divulgação/ Warner Bros. Pictures/ Getty Images

Animais Fantásticos ganhou seu mais novo filme hoje, 15 de abril. Intitulado “Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore“, a produção mostrará o poderoso bruxo se aliando a Newt Scamander para que possam confrontar Grindelwald, o vilão que está em ascensão e assim restaurarem a paz.

A franquia que segue crescendo e ganhará o seu terceiro filme conta com um histórico nebuloso de polêmicas envolvendo tanto atores que fazem ou fizeram parte do elenco, quanto a própria autora das histórias de Animais Fantásticos.

Seguindo a linha cronológica, a nova produção contou com a substituição do ator que vive o vilão Gellert Grindelwalt, que nos dois primeiros filmes da franquia foram interpretados por Johny Depp e agora ganha forma através de Mads Mikkelsen.

A troca entre os atores, aconteceu após Depp ser acusado de agressão por sua ex-esposa Amber Heard. O fato que gerou inúmeros processos entre o casal, causou também a saída do ator da franquia, onde após perder um processo contra o jornal britânico The Sun, a Warner Bros. solicitou que Depp não voltasse mais a viver Grindelwalt nas telonas.

Além de Deep, Ezra Miller, responsável por interpretar Credence Barebone na franquia, também se envolveu em uma polêmica anos depois, visto que o ator apareceu em um vídeo sufocando uma mulher na frente de um bar na Islândia.

O fato foi repercutido na internet como uma brincadeira, visto que a própria mulher aparece sorrindo quando chega perto de Miller, mas conforme repercutido pela Variety em 6 de abril de 2020, a situação se tratou de um conflito.

No entanto, apesar de rumores sobre a saída de Miller da Warner tanto para o papel em Animais Fantásticos, quanto em Flash começarem a circular, a informação foi descartada e o ator segue contratado.

Por fim, a escritora das histórias da franquia derivada de Harry Potter, J.K. Rowlling, realizou comentários transfóbicos através de sua conta no Twitter em 6 de junho de 2020.

O fato gerou greve entre os funcionários da editora que publica os livros de J.K e funcionários da comunidade LGBTQ+ pediram demissão. Além disso, a autora recebeu críticas não só dos fãs, mas também de Daniel Radcliffe, ator que viveu o protagonista de Harry Potter, e Eddie Redmayne, estrela da franquia Animais Fantásticos.