Recreio

'Encanto' mostra a beleza da imperfeição em nova heroína da Disney

Filme tem estreia marcada para o dia 25 de novembro

Giulia Poltronieri Publicado em 19/11/2021, às 14h20

'Encanto' mostra a beleza da imperfeição em nova heroína da Disney - Divulgação
'Encanto' mostra a beleza da imperfeição em nova heroína da Disney - Divulgação

Não é de hoje que a Disney vem mostrando que suas heroínas não precisam mais de um amor romântico para terem um final feliz. Em Frozen, ainda em 2013, Elsa foi salva pelo amor de sua irmã Ana. De lá pra cá, essa tem sido uma deixa muito utilizada nas histórias mágicas contadas e com "Encanto" não seria diferente.

O filme de Jared Bush, Byron Howard e Charise Castro-Smith é ambientado em um vilarejo da Colômbia — o que, por si só, já traz uma explosão de cores — e gira em torno dos Madrigals, uma extraordinária família que vive em uma casa mágica em um lugar conhecido como um Encanto.

A magia deste Encanto tem abençoado todas as crianças da família com um dom único, desde a super força até o poder de curar. Todos, exceto Mirabel. Mas quando ela descobre que a magia que envolve o Encanto está em perigo, Mirabel decide que ela, a única Madrigal sem poderes mágicos, pode ser a última esperança para sua excepcional família.

O que chama atenção no filme é a simplicidade em como é apresentado que Mirabel não sente que se encaixa em sua família. Fim. A heroína aqui não precisa passar por provações para se tornar uma pessoa melhor, na verdade, ela entende que não tem um dom (e fica chateada, é claro), mas dá seu jeito para conseguir ajudar a família de outras formas.

Outra coisa interessante sobre o enredo é que até quem é visto como perfeito nesse filme se cansa disso e quer levar apenas uma vida normal, fazendo suas próprias escolhas e não vivendo pelos sonhos dos outros.

"Encanto", apesar de ter como alvo o público infantil, passa uma mensagem muito importante para os adultos. O poder da comunicação e da compreensão é fundamental para levar uma vida tranquila, e o amor familiar, quando baseado nesses dois pilares, pode mudar vidas!