Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Entretenimento / Personagens

Conheça a história de Jennifer Walters, a Mulher-Hulk

Antes de conferir a série 'Mulher-Hulk: Defensora de Heróis', do Disney+, conheça a história de Jennifer Walters

Daniela Bazi Publicado em 18/05/2022, às 18h16

Imagem promocional da série She-Hulk - Divulgação/Disney+
Imagem promocional da série She-Hulk - Divulgação/Disney+

Na úlima terça-feira, 17, a Marvel Studios divulgou o primeiro trailer para a sua próxima série “Mulher-Hulk: Defensora de Heróis”, que acompanhará a história de Jennifer Walters, uma advogada que precisará equilibrar a vida nos tribunais e aprender a controlar seus poderes com a ajuda de seu conhecido primo, Bruce Banner, o Hulk.

Prevista para estrear diretamente na plataforma de streaming Disney+ em 17 de agosto, a série irá integrar a Fase 4 do MCU. Mas, quem é a Mulher-Hulk?

Origem

Jennifer Walters, a Mulher-Hulk, foi criada por Stan Lee em colaboração com John Buscema, e estreou nos quadrinhos da Marvel com sua própria HQ, Savage She-Hulk, no ano de 1980.

A prima de Bruce Banner é formada em direito pela Universidade da Califórnia, em Los Angeles, e sempre foi muito próxima de Hulk. Nas férias, eles costumavam se ver com frequência, e gostavam de passar horas em uma biblioteca lendo livros para fugir de suas realidades.

Certo dia, Jennifer acaba sendo baleada por agentes enviados pelo vilão Nicholas Trask como uma tentativa de se livrar da advogada que estava trabalhando para um gângster traído pelo antagonista, e é enviada com urgência para o hospital.

Desesperado com a situação, Bruce não hesita em fornecer seu próprio sangue — que possui radiação gama — para realizar uma transfusão na prima e salvar sua vida. Infelizmente, a polícia acaba o considerando como um dos suspeitos pelo atentado, e o cientista acaba se transformando em Hulk para conseguir fugir.

Já no hospital, os agentes de Trask vão atrás de Walters para terminar o trabalho, porém, ela consegue escapar e prender os criminosos ao se transformar em uma versão feminina do Hulk, graças ao sangue doado por seu primo.

mulher-hulk comics
Crédito: Divulgação/Marvel Comics

Diferente de Banner, Jennifer percebeu que mesmo quando está na forma da Mulher-Hulk, ela consegue manter toda a inteligência que possuía antes de ganhar poderes. No entanto, ela só decidiu se tornar uma heroína de verdade após derrotar Trask em um embate utilizando um equipamento que ela mesma construiu com a tecnologia das Indústrias Stark.

Ao longo de sua história, a Mulher-Hulk chegou a integrar diversas equipes muito conhecidas no universo da Marvel. Entre elas, temos: os Vingadores, o Quarteto Fantástico (onde substituiu Coisa por um breve tempo), a Força Fantástica e os Heróis de Aluguel.

Mas, quais são seus poderes e fraquezas?

Por ter recebido o sangue com radiação gama de Bruce, as habilidades de Jennifer são muito parecidas com as de Bruce — tirando o fato de que, mesmo transformada, ela consegue manter sua inteligência, algo que Banner só consegue quando vira o Professor Hulk.

Além disso, ela possui força, velocidade, resistência e durabilidade sobre-humanos, contém a capacidade de se curar mais rápido que pessoas comuns e trocar de corpos.

Já a sua única fraqueza está relacionada à exposição de radiação. Se a Jennifer está em sua forma normal, e é exposta a uma grande dose, ela fica impossibilitada de se transformar na Mulher-Hulk.