Recreio
Entretenimento / Entrevista

'Comunidade Recreio': conheça a dupla que manteve viva a memória da Recreio

Lucas e Gabriel se identificavam tanto com a marca que hoje fazem vídeos inspirados nos personagens

Giulia Poltronieri Publicado em 09/09/2021, às 17h12 - Atualizado às 17h26

'Comunidade Recreio': conheça a dupla que manteve viva a memória da Recreio - Divulgação
'Comunidade Recreio': conheça a dupla que manteve viva a memória da Recreio - Divulgação

A Recreio marcou a infância e adolescência de muita gente e, por isso, a notícia de que a marca voltou, agora pela internet, foi muito bem recebida. Em particular, pelo pessoal do grupo “Comunidade Recreio”.

Com quase mil inscritos no Youtube, Lucas Sanches e Gabriel Almendra, ambos de 20 anos, criaram o canal onde falam sobre os tempos em que a revista era publicada e ainda fazem uma série animada no Universo da Recreio.

Em entrevista exclusiva, eles contaram de onde veio esse amor pela marca e o que a torna tão especial. 

“Nós começamos a colecionar a Recreio a partir da primeira edição do Barco do Terror, e acompanhamos todos os seus lançamentos até Mega Feras. O que mais nos encantou nas coleções da Revista foi a história e os bonecos da coleção, que vinham com histórias ricas e bem produzidas, além de um brinquedo com altíssima qualidade comparado a outros brindes de revistas”, contam os amigos.

Para eles, o que destacava a Recreio de outras revistas era a dedicação em trazer ótimas matérias para o público infantil, que proporcionava o aprendizado e diversão para os leitores, além do carinho em fazer histórias para os brindes que acompanhavam a revista, que eram simplesmente incríveis!  

A coleção favorita

“Barco do Terror é a nossa favorita, tanto por um fator nostálgico (pois começamos a colecionar a revista a partir dela) quanto pelo belo roteiro e arte das histórias em quadrinhos”, revelam os colecionadores.

Eles ainda acrescentam que até hoje existem coleções que marcaram mais que outras, como Letronix, Circomix e Rock Animal, que fizeram parte da primeira leva de coleções da Recreio. 

A volta da Recreio

Lucas e Gabriel dizem que apoiaram o retorno da marca e até chegaram a fazer um vídeo para o canal no YouTube.

“Mesmo que o formato tenha mudado, nós ficamos muito felizes em ver a Recreio renascer para uma nova geração e esperamos que cative os jovens de hoje assim como um dia fomos cativados e influenciados”, comentam.  

Porém, a ideia de ter a marca apenas na internet causou um estranhamento inicial. 

“Doeu um pouco quando recebemos a notícia, até porque, as coleções nos marcaram muito, e ver o retorno da Recreio sem isso foi estranho. Mas temos que ser realistas perante o cenário atual para o mercado de revistas. Seria inviável fazer novas levas de revistas e bonecos onde o mundo está praticamente todo digital. Nós deixamos o fator nostálgico de lado, e estamos aproveitando os novos conteúdos da revista diariamente, e estamos felizes com o resultado que estão alcançando”.

Conteúdo novo

Para os amigos, agora o esperado é encontrar conteúdo que se relacione com o mundo pop.

“Esperamos mais notícias e reportagens sobre filmes, desenhos, jogos, músicas e animações”.

O surgimento do grupo

Lucas e Gabriel se conhecem desde o berço e a revista sempre teve um espaço enorme na vida deles. “Quando crescemos, nós buscávamos materiais da Revista como imagens das coleções, foto dos personagens, histórias em quadrinhos, e sempre ficávamos encucados com o pouco material disponível na internet. Até que em 2019, nós pensamos: ou a gente faz, ou ninguém vai fazer”, conta Lucas.

“Demos nosso sangue para erguer um grupo de fãs que leva o nome COMUNIDADE RECREIO, onde todos iriam se ajudar a obter esses materiais da recreio, como revistas, bonecos, artes, vídeos, etc. Esse é o nosso diferencial, pois estamos criando conteúdos novos em cima das coleções que nos marcaram, tais como reviews, histórias autorais com animação, quadros interativos com os fãs das coleções, entre outros. Tudo isso para manter vivo o legado da revista nas redes sociais. E é isso que nos traz novos membros: o acolhimento que damos a essas coleções e a repaginada nos personagens para uma nova mídia”.

E a estratégia dos dois tem dado muito certo! Segundo eles, o retorno tem sido positivo e isso se deve ao empenho em trazer o melhor possível sobre cada novo material que produzem.

“Se disséssemos que não esperávamos um bom resultado, seria mentira”, brinca Lucas. “Mas estamos sempre abertos a críticas e sugestões por parte de todos que nos acompanham, até porque nós somos uma comunidade”.

Os vídeos no Youtube

Como já falamos anteriormente, a Comunidade Recreio ainda conta com vídeos no Youtube que, segundo a dupla, são bem trabalhosos. 

“O processo dos vídeos pode ser classificado em: estudo da coleção e personagens; organização do material; releitura das artes; roteiro; gravação; edição e pós-edição. Claro que simplificando fica fácil, mas é um trabalho de dias ou até mais tempo, dependendo do vídeo”, explicam. “Geralmente reviews de coleções completas demoram mais do que reviews de personagens, sem contar as novas histórias que criamos. São muitos meses para serem produzidas”.

Por fim, Lucas ainda comenta sobre a nova série, intitulada COLAPSO: A REVANCHE FINAL, que ainda não tem data de lançamento para o segundo episódio. 

Confira o primeiro episódio: