Recreio
Entretenimento / Música

Como a música sertaneja foi inventada?

Criado no início do século 20, hoje esse é um dos estilos mais populares do Brasil. Saiba mais!

Letícia Yazbek Publicado em 31/03/2021, às 11h00 - Atualizado às 18h24

Chitãozinho e Xororó em show - Wikimedia Commons
Chitãozinho e Xororó em show - Wikimedia Commons

A música sertaneja começou a ser produzido por volta de 1910, por compositores do interior de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Esse estilo foi influenciado por ritmos de origem portuguesa, como o fado, e pelos cantos tradicionais rurais. Naquela época, os instrumentos usados eram, principalmente, viola, violão e gaita.

As primeiras músicas mais parecidas com as que conhecemos hoje apareceram em 1929, em gravações feitas pelo jornalista e escritor Cornélio Pires. Ele registrou e divulgou partes de cantos tradicionais do interior do país: as letras das canções falavam sobre paisagens rurais e o modo de vida desses lugares. Em seguida, vieram as primeiras duplas de sucesso, como Tonico e Tinoco. Inezita Barroso também faz parte do sertanejo tradicional ou de raiz.

Uma nova fase teve início por volta de 1950: estilos diferentes, como a polca europeia, passaram a influenciar o sertanejo. Assim, foram adicionados instrumentos como o acordeão e a harpa — e as músicas começaram a falar sobre amor. Alguns dos destaques da época são Cascatinha e Inhana e as Irmãs Galvão.

A dupla Léo Canhoto e Robertinho trouxe a guitarra para a música sertaneja no final da década de 1960, dando origem à fase moderna. Já em 1970, Milionário e José Rico usavam violino e trompete. Enquanto isso, artistas como Sérgio Reis e Renato Teixeira se dedicavam ao sertanejo de raiz para trazer a tradição de volta.

Mas o grande estouro do sertanejo pelo país veio na década 1980, quando apareceram diversas duplas cantando temas românticos. Chitãozinho e Xororó, Leandro e Leonardo, Zezé Di Camargo e Luciano, e João Paulo e Daniel foram os principais representantes da época.

Aos poucos, estilos como o pop e o funk ganharam destaque, enquanto o sertanejo perdeu espaço. Até que, por volta do ano 2000, novas duplas deram um novo fôlego a esse tipo de música — já sob a influência de outros sons, como o axé e o eletrônico. O novo momento recebe o nome de sertanejo universitário e é representado por nomes como Guilherme e Santiago, Jorge e Mateus, Victor e Leo, Fernando e Sorocaba, Luan Santana, e Michel Teló.


+Assine Amazon Music para ouvir músicas ilimitadas - https://amzn.to/2WBSheM

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Recreio pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/3doipAM

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2WBSheM