Recreio
Entretenimento / Entretenimento

Com a participação de Bibi Tatto, YouTube transmite Feira do Empreendedorismo Artístico neste final de semana

Em entrevista para a Recreio, Bibi contou um pouco mais sobre a sua participação no evento, sua carreira, e deixou uma dica imperdível para quem quer começar no YouTube

Redação Publicado em 09/04/2021, às 18h38 - Atualizado às 18h41

Bibi Tatto já conta com mais de 4 milhões de seguidores no Instagram - Divulgação/Instagram/Bibi Tatto
Bibi Tatto já conta com mais de 4 milhões de seguidores no Instagram - Divulgação/Instagram/Bibi Tatto

Nos próximos dias 10, 11 e 12 de abril, o YouTube irá exibir uma série de palestras e conversas sobre o setor cultural no evento Feira do Empreendedorismo Artístico, que promete reunir grandes personalidades do mercado para uma conversa incrível para todos aqueles que possuem interesse nesse mercado.

Um dos assuntos que serão abordados é o empreendedorismo digital através da figura do influenciador teen, que contará com a participação da youtuber Bibi Tatto, uma das principais influenciadoras do universo adolescente da atualidade.

Com mais de 4 milhões de seguidores no Instagram e 1 bilhão de visualizações no YouTube, Bibi já está na área por seis anos e contou um pouco mais para a Recreio sobre a sua carreira, sua rotina durante a pandemia e, claro, a participação na Feira do Empreendedorismo Artístico. Confira!

Recreio: Bibi, como você se sente após ter sido convidada para participar da Feira do Empreendedorismo Artístico?

Fiquei muito feliz com o convite! Eu gosto muito de falar sobre empreendedorismo. Eu nunca cheguei a participar, mas sempre acompanhei a Feira de Empreendedorismo Artístico de longe, tenho muitos amigos que já participaram do evento, então fiquei muito feliz! Amo falar sobre o Empreendedorismo na área digital e mais especificamente com o pessoal que surgiu na internet, acho que vai abrir um pouco os olhos da galera em relação a tudo que gira em torno de criar conteúdo para internet.

Recreio: Como surgiu a sua paixão pelo universo artístico? Você teve apoio da família?

A paixão pelo universo artístico surgiu desde pequenininha. Minha família sempre foi muito musical, muito artística no geral. Desde pequenininha eu e meu irmão sempre aprontávamos. Minha mãe sempre brincava com a gente de coisas que instigasse nossa criatividade. Bem antes do YouTube virar moda, eu e meu irmão gravamos uns vídeos para postar no Facebook para a família e os amigos verem.

Minha família sempre me apoiou, na verdade minha família nunca brecou algo que eu fosse fazer, eles sempre apoiaram tudo, mas sempre deixava nosso pé no chão, sabe? ‘Continuar estudando, continuar fazendo as suas responsabilidades, você pode fazer o que quiser’, mas eles sempre estiveram muito presentes, sempre acompanharam pra ver se não estávamos fazendo nada de errado.

Recreio: A sua rotina profissional mudou com a pandemia?

Mudou muito com a pandemia! Foram muitas transformações. Quando eu precisei ficar na casa dos meus pais, tive que me adaptar para gravar sozinha ou com a minha família. Depois eu tive que diminuir a frequência do meu canal, e quando eu consegui gravar no meu estúdio de novo aumentou a frequência de vídeos novamente. Então foram muitas mudanças, mas foi uma experiência diferente. Foi bom para aprendermos a lidar com mudanças e transformações.

Recreio: Tem algum plano para 2021 que você consegue compartilhar com a Recreio?

Temos muitos planos para 2021. Muita coisa eu ainda não posso falar, mas o que eu posso compartilhar é que tem muita música vindo por aí. Eu estou me dedicando muito na área musical, vai ter muita parceria com músicos amigos meus.

Uma coisa muito legal que já faz anos que não acontecia: meu canal principal vai voltar a ter vídeos todos os dias, estou bem feliz com essa nova fase. E, além disso, temos o lançamento da minha produtora, que estou extremamente ansiosa, e também a gravadora do meu irmão.

Recreio: Que conselho você daria para os jovens de hoje que querem entrar no mundo dos youtubers, mas não sabem como começar?

Estude o máximo possível! Por mais que não tenha uma faculdade para isso hoje, a gente pode estudar, correr atrás, buscar entender. Só de assistir vídeos e anotar já faz a diferença. Era o que eu fazia muito no começo, eu ouvia pessoas que já tinham dado certo, que já sabiam produzir conteúdo, aí eu tentava fazer igual, seguir os mesmos passos e aparentemente deu muito certo!