Recreio
Entretenimento / Crítica

'Cinderela': com novas interpretações de clássicos musicais, filme reestrutura contos de fada

Camila Cabello traz um tom mais leve para um filme que consegue levantar temas atuais durante a narrativa

Giulia Poltronieri Publicado em 02/09/2021, às 17h09 - Atualizado às 17h14

'Cinderela': com novas interpretações de clássicos musicais, filme reestrutura contos de fada - Divulgação
'Cinderela': com novas interpretações de clássicos musicais, filme reestrutura contos de fada - Divulgação

A nova versão de "Cinderela", com Camila Cabello no elenco, chega ao catálogo do Prime Video nesta sexta-feira (3). Dirigido por Kay Cannon (A Escolha Perfeita), o filme é um musical moderno com uma abordagem ousada do conto de fadas clássico. 

Mas como ele se destaca dos outros filmes? Bom, para começar, saindo do escopo da Disney que já estamos acostumados quando se fala de filmes de princesa, essa nova versão de Cinderela traz interpretações de músicas já conhecidas, como "Somebody to Love", do Queen, e "Material Girl", da Madonna.

Além disso, as mulheres são figuras de poder no longa. Tanto a irmã do príncipe quanto a própria Cinderela não aceitam ficar à margem dos homens. A personagem vivida por Camila Cabello, inclusive, foge do que já estamos acostumados e tem o sonho de abrir uma loja de vestidos. E isso pode ser observado até no trailer, quando ela conta ao príncipe que não quer "uma vida cativa acenando de uma varanda real".

A produção ainda conta com uma boa dose de humor. Camila desempenha bem o papel de mulher forte, que vai à luta sem se importar muito com as opiniões alheias. Ela traz para o enredo algumas piadinhas que não seriam necessárias, mas que quebram a expectativa e tiram um sorriso do rosto de quem assiste.

Quem for dar uma chance a essa nova versão do filme infantil precisa ter em mente que ele é, realmente, um musical e não um filme comum com uma ou duas músicas inseridas no meio. Prepare-se para ser surpreendido com atores cantando e dançando aleatoriamente. Também é necessário saber que a produção reiventa boa parte da história e deixa apenas o essencial do que já conhecemos de Cinderela.

Confira o trailer para ter uma ideia do que esperar: