Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio

BTS irá se reunir com o presidente dos Estados Unidos na próxima semana

O encontro entre Joe Biden e o BTS irá acontecer para discutir sobre crimes de ódio contra asiáticos

Daniela Bazi Publicado em 26/05/2022, às 13h26

Integrantes do BTS após show em Las Vegas - Divulgação/Twitter/BTS_bighit
Integrantes do BTS após show em Las Vegas - Divulgação/Twitter/BTS_bighit

Nessa quinta-feira, 26, a Casa Branca emitiu um comunicado anunciando que os integrantes do BTS irão se reunir com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, na próxima terça-feira, 31, para discutir sobre políticas relacionadas a preconceito e crimes de ódio contra asiáticos.

“O presidente Biden já havia falado sobre seu compromisso de combater a onda de crimes de ódio contra asiáticos, e sancionou a Lei de Crimes de Ódio da Covid-19, em maio de 2021, para fornecer recursos às forças de segurança para identificar, investigar e denunciar crimes de ódio, e garantir que as informações sobre crimes de ódio sejam mais acessíveis às comunidades AA e NHPI”, disse a Casa Branca.

A reunião entre o grupo e o presidente para discutir sobre crimes contra asiáticos acontece também como celebração do mês da herança dos ásio-americanos, havaianos nativos e povos das ilhas do Pacífico. O encontro também marcará a primeira visita de um artista de k-pop à Casa Branca.

Segundo o comunicado oficial, “O presidente Biden e o BTS também discutirão a importância da diversidade e inclusão e a plataforma do BTS como embaixadores da juventude que espalham uma mensagem de esperança e positividade em todo o mundo”.

Formado por RM, Jin, Suga, J-Hope, Jimin,V e Jungkook, o BTS debutou em junho de 2013 pela Big Hit Entertainment (atual HYBE Labels). Seu mais recente comeback aconteceu em maio de 2021, com o álbum que se tornou sucesso mundial “Butter”. Confira o clipe!