Recreio

Bastidores nada românticos: Por que o beijo de ponta cabeça do Homem-Aranha com Mary Jane foi uma experiência difícil

Entenda como funcionou o por trás das câmeras de uma das cênas mais icônicas do cinema — e por que ela foi desagradável para os atores

Daniela Bazi Publicado em 24/08/2021, às 17h30 - Atualizado às 17h33

Cena do beijo entre Peter Parker e Mary Jane em Homem-Aranha (2002) - Divulgação/Columbia Pictures
Cena do beijo entre Peter Parker e Mary Jane em Homem-Aranha (2002) - Divulgação/Columbia Pictures

Uma das cenas de beijo mais memoráveis do cinema é a de Peter Parker (Tobey Maguire) e Mary Jane (Kirsten Dunst), onde o Homem-Aranha beija a sua amada de ponta cabeça e no meio da chuva. A sequência do filme lançado em 2002 ficou eternizada dentro do mundo pop, e chegou a ser reproduzida por diversos fãs apaixonados ao redor do mundo — mas, curiosamente, ela não foi uma experiência muito boa para ambos os atores.

Durante uma entrevista para o Rotten Tomatoes, Sam Raimi e Jeff Habberstadtold, o diretor e o coordenador de dublês do filme, revelaram que, apesar do resultado final ser icônico, a gravação foi bem desagradável para Tobey e Kirsten.

Para começar, o cineasta afirma que a gravação noturna foi um pouco complicada para os atores graças à chuva cenográfica utilizada na cena. “Lembro que estávamos em um estúdio e pedimos que nossa equipe de efeitos criasse torres de água para o efeito da chuva, e isso é sempre um pouco difícil à noite para os atores. Você sabe, porque tomada após a tomada eles estão sendo mergulhados em água fria. Eles tiveram que suportar aquilo a noite toda, eu me lembro. Kirsten Dunst nunca disse nada, mas sempre tremia quando discutíamos a cena. E Tobey também, mas eles nunca reclamaram disso”, revelou.

E a chuva cenográfica conseguiu dar outros problemas além do frio. Sam também conta que Maguire quase se afogou enquanto filmava de cabeça para baixo:

“Enquanto ele estava fazendo a cena, eu me lembro, ele estava se afogando um pouco porque não conseguia limpar o nariz e a água estava caindo nele de cabeça para baixo, em suas narinas. Então ele estava meio que se afogando, e a única maneira de respirar era pela boca. Não parece desagradável [a cena final], mas acho que deve ter sido”, disse Raimi.

Na última segunda-feira, 23, a Marvel divulgou o primeiro trailer oficial de “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa”, o mais novo filme estrelando Tom Holland, que está de volta ao seu icônico papel como Peter Parker, e tem estreia marcada para o dia 16 de dezembro.

A prévia mostra Peter Parker pedindo ajuda para o Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch) após a sua vida virar de cabeça para baixo com a revelação de que ele é o verdadeiro Homem-Aranha, afetando também o destino de todos a sua volta. No entanto, o grande destaque do teaser vai para o retorno do Doutor Octopus (Alfred Molina), além de contar com um pequeno spoiler da possível volta de outros dois grandes vilões: Electro (Jamie Foxx) e o Duende Verde (Williem Dafoe). Confira!