Recreio
Busca
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Entretenimento / Walt Disney

Afinal, quem foi o grande amor de Walt Disney?

Descubra como se conheceram, como foi o primeiro beijo e como se desenrolou a relação de Walt Disney com aquela com quem ele decidiu dividir a vida!

Lillian e Walt Disney - Gene Lester/Getty Images
Lillian e Walt Disney - Gene Lester/Getty Images

Assim como nas histórias de contos de fadas da Walt Disney Company, o co-fundador da empresa, Walt Disney, encontrou o amor da sua vida de forma inesperada, e viveu um romance duradouro ao lado daquela que ele escolheu para dar sentido a famosa frase "e viveram felizes para sempre", que encerrou diversas tramas do estúdio.

Afinal, quem foi o grande amor de Walt Disney?

Lillian e Walt Disney
Lillian e Walt Disney / Crédito: Hulton Archive/Getty Images

A escolhida foi Lillian Bounds! Ela nasceu em Idaho, em 1899, mas se mudou para Los Angeles aos 24 anos, em dezembro de 1923, para morar com sua irmã mais velha, Hazel.

Ao chegar a sua nova casa, a mulher ainda não tinha um emprego em vista — algo que mudou cerca de um mês depois, quando uma colega, Kathleen Dollard, a indicou para uma vaga nos estúdios Disney

Lilian topou realizar a entrevista (onde conheceu Walt) por que o local do trabalho era próximo de onde morava, e foi felizmente contratada para trabalhar no Disney Brothers Cartoon Studios como arte-finalista e pintora em 19 de janeiro de 1924, data em que é possível afirmar que a paixão entre ela e Walt começou a desabrochar. 

Isso porque, conforme explicado pelo blog The Walt Disney Family Museum, quando Lillian terminava o expediente, Walt se oferecia para levá-la para casa, sempre na companhia de Kathleen. No entanto, ainda que a residência da mulher fosse mais próxima do estúdio, Walt fazia questão de deixá-la por último, ficando mais tempo ao lado da amada.

O primeiro beijo

Ao longo do tempo, Lillian deixou a função contratada inicialmente a fim de se tornar secretária pessoal de Walt — e foi trabalhando diretamente com o lendário contador de histórias que o primeiro beijo dos dois surgiu. 

Uma noite, quando eles estavam trabalhando até tarde, conforme revelado por uma das filhas do casal, Diane Marie Disney Miller, em ‘Story of Walt Disney’, Walt interrompeu Lillian, que estava ditando um texto, com um beijo.

 'De repente’, disse ela, 'seu pai se inclinou e me beijou'. ‘O que você fez?’, perguntei. ‘Eu corei’, disse a mãe. ‘Era costume naquela época’, relembrou Diane.

O casamento

Após o beijo, foi questão de tempo até Lillian e Walt decidirem passar o resto de suas vidas juntos, visto que eles se casaram cerca de um ano e meio após se conhecerem, em 13 de julho de 1925, na casa de seu irmão em Lewiston, Idaho.

Eu não era nada artística e não era muito boa em arte-final e pintura”, admitiu Lillian na biografia de Bob Thomas sobre Roy Disney, ‘Building a Company’. “Mais tarde, Walt me ​​nomeou sua secretária, mas cometi muitos erros quando ele ditava. Ele sempre disse que eu era tão ruim que ele teve que se casar comigo”.

Além disso, o amor dos dois deu frutos, já que além de Diane, filha biológica do casal que celebrava seu aniversário em 18 de dezembro de 1933, eles adotaram mais uma garota, Sharon Mae Disney, a caçula da família, que nasceu em 1936.

Lillian e Walt Disney a frente de suas filhas, Diane e Sharon
Lillian e Walt Disney a frente de suas filhas, Diane e Sharon em 1951 - /Crédito: Archivio Cameraphoto Epoche/Getty Images

Como afirma o blog The Walt Disney Family Museum, 30 anos após trocarem alianças, o casal permanecia feliz e, como resultado, fizeram uma enorme festa com amigos e familiares para comemorar as bodas de pérola.

Na ocasião, Walt surpreendeu Lillian. Revelando que tinha feito aulas de dança, a chamou para arriscar alguns passos, algo que ele não gostava de fazer, mas fez, pois sabia que a esposa amava e ficaria feliz com a atitude, como relembrou Wally Boag ao blog da The Walt Disney Family Museum.

Até que a morte os separe

Lillian e Waltforam casados por 41 anos e viveram juntos até 15 de dezembro de 1966, data em que Walt faleceu, no Hospital St. Joseph's em Burbank, em razão de um câncer.

Após a morte de Walt, Lillian se casou novamente, em 1969, com John L. Truyens, com quem ela permaneceu até o fim da vida dele, em 1981. Lillian não se casou mais e, 16 anos depois, em 16 de dezembro de 1997, ela faleceu. Postumamente, em 2003, ela foi nomeada lenda da Disney, conforme apurado pelo portal D23.