Recreio

60 anos de 101 Dálmatas: Confira 5 curiosidades sobre a animação

No dia 25 de janeiro de 1961, um dos últimos filmes produzidos por Walt Disney realizava a sua tão aguardada estreia. Saiba mais!

Daniela Bazi Publicado em 26/01/2021, às 19h05 - Atualizado às 19h07

Imagem promocional da animação 101 Dálmatas (1961) - Divulgação/Disney
Imagem promocional da animação 101 Dálmatas (1961) - Divulgação/Disney

No dia 25 de janeiro de 1961, a Walt Disney Animations Studios lançava a sua 17ª animação longa-metragem 101 Dálmatas, também conhecida no Brasil como A Guerra dos Dálmatas, um dos últimos filmes que contaram com a participação de Walt Disney em sua produção.

A produção vencedora do prêmio Bafta de 1962 trás a história de Cruella De Vil, uma mulher rica apaixonada por roupas de pele, que sonha em criar um casaco feito da pele de cachorros da raça dálmata, e passa a roubar filhotinhos para realizar o seu desejo, pegando inclusive os filhotes dos cachorros de sua amiga de infância Anita.

Para comemorar o aniversário de 60 anos de 101 Dálmatas, confira 5 curiosidades incríveis sobre a animação!

1. Inspiração

Assim como outras produções dos estúdios Disney, 101 Dálmatas não é uma história original. Ele foi inspirado em um livro lançado em 1956 da escritora inglesa Dodie Smith, e que leva o mesmo nome. Porém, para a criação do longa alguns detalhes da obra acabaram sendo adaptados. Um deles é o fato de que, no exemplar, a verdadeira mãe dos filhotes não é Prenda, e sim uma cadelinha chamada Missis Pongo.

2. Spoiler de A Dama e o Vagabundo?

No meio do filme, existe uma cena onde todos os cachorros da cidade começam a latir. Nela, podemos conferir a aparição de alguns cãezinhos de uma outra animação da Disney, A Dama e o Vagabundo. O mais interessante é que, na época, ninguém percebeu esse spoiler já que 101 Dálmatas foi lançado 6 anos antes.

3. Número exato de pintas

Certa vez, um fã decidiu contar todas as pintinhas dos cachorros presentes na animação completa. Ao total, ele conseguiu contabilizar exatamente 6.469.952 pintas, sendo 72 em Pongo, 68 em Prenda, e 32 em cada filhote.

dalmatas

4. Mesma época

Por incrível que pareça, antes de A Guerra dos Dálmatas nenhum filme da Disney se passava na mesma época de sua produção. Antes dele, as animações remetiam principalmente ao período próximo a Idade Média. Porém, em uma das cenas do filme, é possível conferir a data exata no qual a história se passa: 1952.

5. Muito mais do que 101 dálmatas

Durante a cena final, todos os 101 dálmatas aparecem juntos no mesmo momento — ou pelo menos essa era a intenção. Na realidade, existe um erro nessa cena e, ao invés de 101 filhotes, existem aproximadamente 150.


+Saiba mais sobre a Disney por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Walt Disney: O triunfo da imaginação americana, de Neal Gabler (2020) - https://amzn.to/3dqu81s

Tio Patinhas E Pato Donald: Fugindo Do Vale Proibido, de Don Rosa (2020) - https://amzn.to/2W7DuJU

A magia do império Disney, de Ginha Nader (2019) - https://amzn.to/2WzLzGk

Todos Os Milhões Do Tio Patinhas Vol, de Fausto Vitaliano (2020) - https://amzn.to/2LaAYMs

A Saga De Sir Pato E Sor Patinhas: Capa Dura, de Guido Martina (2020) - https://amzn.to/2SYoGvl

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Recreio pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/3doipA

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2WBSheM