Recreio
Corpo Humano / Corpo Humano

Tempo de mudança: O que acontece com o nosso corpo durante a adolescência?

Entenda as transformações que acontecem na adolescência

Ivonete Lucírio Publicado em 02/04/2022, às 13h00

Imagem ilustrativa de adolescentes - Pixabay
Imagem ilustrativa de adolescentes - Pixabay

Não é só heróis de filmes que passam por transformações. Se prestar atenção às reações de seus irmãos ou amigos adolescentes, você vai ver que eles estão mudando.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a adolescência começa em torno dos 10 anos, só que isso varia bastante. Talvez ela chegue logo para você, mas também pode demorar. Pode ser que você se sinta esquisito com as mudanças, porém, nem sempre isso acontece.

A boa notícia é que não é preciso se preocupar, afinal, o que vale é curtir cada fase da vida. E, se você já percebeu sinais da adolescência em amigos ou está notando algo diferente no seu jeito, é legal saber por que essas transformações acontecem. Confira!

Novos caminhos

As células do cérebro trabalham em turma e estão sempre se comunicando. Na adolescência, elas ficam mais ativas e formam novas ligações, como se o cérebro estivesse se desmontando e se arrumando de outro jeito. Por isso, certas pessoas têm dificuldade de se concentrar e se organizar. O lado legal é que adolescentes aprendem facilmente. Ou seja, é hora de estudar e descobrir novos talentos.

Ai, que sono!

Na adolescência, todo mundo quer dormir mais. É que o hormônio de crescimento é liberado durante o sono e, como o adolescente está crescendo depressa, sente mais necessidade de dormir. Além disso, enquanto nós dormimos, as informações do que aconteceu durante o dia se fixam na memória, facilitando a aprendizagem. Durante a adolescência, o ideal é descansar cerca de nove horas por noite.

Meio desajeitado...

O corpo cresce rápido, mas o cérebro tem de se acostumar com a mudança. Na hora de pegar um copo de suco, por exemplo, o adolescente pode derrubar tudo o que está na mesa, pois seu cérebro não calcula bem o espaço necessário para o movimento. Aí ele esbarra nas coisas, tropeça... Com o tempo, o cérebro percebe quanto crescemos e tudo volta a funcionar bem de novo.

Perigo de... explosão!

Se notar que um amigo está briguento, se irrita ou chora facilmente, pode ser sinal de que a adolescência está chegando. As reações estão relacionadas a um hormônio produzido pelo corpo. Em geral, essa substância nos acalma, mas na adolescência causa irritação e explosões de raiva ou tristeza por motivos que, para os outros, podem parecer bobos.

Outros sinais

O corpo do adolescente muda aos poucos. Surgem pelos para proteger regiões sensíveis e a transpiração aumenta. O suor atrai bactérias que causam um cheirinho ruim. Por isso, é legal ser mais cuidadoso na hora do banho e usar um desodorante neutro. A pele fica mais oleosa e podem aparecer espinhas. Uma alimentação equilibrada e cuidados de higiene ajudam a controlar o problema.

Chato? Nada disso!

Dicas para quem está entrando na adolescência:

  • Pratique esportes
  • Conte até 15 antes de entrar numa briga
  • Peça desculpas se explodiu sem motivos
  • Passeie, estude, descubra seus talentos
  • Faça um diário
  • Assista a comédias, brinque, dê risada
  • Coma bem: você precisa de nutrientes variados
  • Se ficar triste, fale com seus pais e seus amigos

Lembrou de alguém?

Se você tem um amigo adolescente, confira dicas para se entender com ele:

  • Evite discussões e avise-o se ele pegar pesado com você numa briga
  • Não mexa nas coisas dele sem pedir
  • Convide-o para brincar e passear, mas não grude
  • Não fale coisas chatas sobre ele na frente de outras pessoas