Recreio
Corpo Humano / Corpo Humano

Por que somos parecidos com os nossos pais?

Descubra o verdadeiro motivo por trás deste fenômeno

Lucas Vasconcellos Publicado em 25/06/2021, às 10h39 - Atualizado às 11h10

Imagem ilustrativa de uma família - Pixabay
Imagem ilustrativa de uma família - Pixabay

Mistura de genes

Vá para frente do espelho e se olhe bem. O que você vê fisicamente é a mistura dos genes (pequenas partes do DNA, ou seja, moléculas que coordenam o nosso desenvolvimento) do seu pai e da sua mãe. Mas, ainda que você seja a mistura dos dois, o DNA de ninguém é igual – é o que causa as diferenças e semelhanças com nossos parentes.

Poderosos

Quando os genes se misturam, alguns se sobressaem mais do os outros: são os dominantes. E, no seu corpo, eles funcionam assim: se seu nariz é parecido com o da sua mãe, é porque na interação do material genético, o dela dominaram os do seu pai, ao menos nessa área.  

Retrato antigo

Às vezes, você não tem traços iguais aos dos seus pais e irmãos. Mas é a cara de um dos avós paternos, por exemplo. Afinal, o corpo do seu pai também é uma mistura dos genes dos pais dele. Logo, um pouco deles também está em você.

Além do corpo

O ser humano é muito mais do que os genes que estão no organismo. A forma como nos comportamos é influenciada pelo meio em que vivemos. Por exemplo: se sua mãe é fera em matemática, não quer dizer que você também será. Mas, se sua família inteira torce por um time de futebol, é provável que você também torça, já que a paixão por ele faz parte da maneira como você foi criado.

Papo furado

Muita gente diz que os meninos são mais parecidos com os pais e as meninas parecidas com as mães. Isso é bobeira. Como todos nós herdamos traços de ambos os lados, apenas a interação genética vai nos dizer que traço foi dominante ou não!

Consultoria: Nelson Douglas Ejzenbaum (pediatra, neonatologista e homeopata infantil E Membro da Sociedade Brasileira de Pediatria).