Recreio
Corpo Humano / Saúde

Ter plantas no quarto é prejudicial?

Muitos acreditam que dormir com plantas no quarto pode fazer mal. Descubra a verdade!

Letícia Yazbek Publicado em 11/07/2020, às 10h15 - Atualizado às 10h17

Ilustração de um jardim moderno - Imagem de Judith Almirall por Pixabay
Ilustração de um jardim moderno - Imagem de Judith Almirall por Pixabay

A crença de que faz mal dormir com plantas no quarto é bastante comum. Muitas pessoas acreditam que isso pode causar dor de cabeça e falta de ar. No entanto, isso não é verdade.

De fato, durante a fotossíntese, as plantas utilizam energia luminosa para produzir carboidratos. Elas absorvem dióxido de carbono e liberam oxigênio no ambiente, o que até torna a respiração dentro do quarto mais fácil. Na maioria das espécies, isso acontece durante o dia, quando a planta é exposta à luz.

Além disso, plantas liberam vapor de água, aumentando a umidade do ar, e ajudam a remover toxinas do ambiente, como as que estão em tintas.

Já no processo de respiração, que ocorre durante todo o dia e a noite, as plantas consomem oxigênio para conseguir liberar a energia armazenada durante a fotossíntese. Portanto, de noite, quando não há fotossíntese, elas acabam roubando um pouco do oxigênio do ambiente. Mas isso não quer dizer que vai faltar ar no quarto.

A quantidade de oxigênio consumida pelas plantas não nos causa nenhum problema. Mesmo dormir com outra pessoa no quarto - que consome muito mais oxigênio do que as plantas - não é prejudicial.

Só é preciso ficar esperto em relação às espécies que você coloca no seu quarto: algumas delas, durante a noite, liberam substâncias para fastar insetos, o que pode provocar reações alérgicas e falta de ar.