Recreio
Corpo Humano / Organismo

Como funciona a cicatrização dos machucados?

Para que isso aconteça, Oos glóbulos brancos, as plaquetas, e outras células entram em ação para recuperar a área ferida

Letícia Yazbek Publicado em 18/06/2021, às 11h00 - Atualizado às 11h43

Imagem ilustrativa de uma criança machucada - Pixabay
Imagem ilustrativa de uma criança machucada - Pixabay

Quando nos cortamos ou ralamos, entram em cena os glóbulos brancos, as plaquetas e outras células do corpo para estancar o sangramento e atuar na cicatrização da ferida. Entenda como isso acontece!

Ao fazer um machucado mais profundo, vasos sanguíneos podem ser cortados. O sangue que se espalha no local contém substâncias como glóbulos vermelhos (que transportam oxigênio) e plaquetas (responsáveis pela coagulação).

Defesa em ação

O corpo, então, envia mais plaquetas para o local e produz fibrina (substância que só se forma no sangue quando um vaso é rompido). As plaquetas se juntam nas pontas dos vasos cortados e param o sangramento. E a fibrina age como uma espécie de cola para unir as plaquetas.

Os glóbulos brancos também atuam na defesa do local, destruindo substâncias estranhas que entraram no corpo pelo machucado, como bactérias. O processo leva uns três dias e pode deixar a ferida inflamada. É nesse período que surge a casquinha, formada por sangue coagulado e ressecado.

Após a ação dos glóbulos brancos, entram em cena os macrófagos (um tipo de célula da pele). Eles engolem células mortas e bactérias que restaram no local. Ao mesmo tempo, aumenta o fluxo de sangue na região e a região fica toda vermelha.

Essa irrigação sanguínea extra traz algumas células chamadas fibroblastos, que produzem colágeno. Aliado à multiplicação das outras células da pele, o colágeno forma novas fibras. São essas fibras que se juntam para fechar de vez a ferida.

Cerca de duas semanas após o acidente, a ferida já está coberta com uma nova camada de pele. Dependendo da gravidade do corte e do organismo de cada pessoa, pode restar no local uma pequena cicatriz.

Fique esperto!

Nunca mexa na casquinha do machucado. Isso pode comprometer a cicatrização. Se a ferida não for muito profunda, como uma ralada no joelho, lave bem o local com água limpa e sabão neutro.