Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Corpo Humano / Corpo Humano

Como funciona a memória?

Entenda como funciona a memória e saiba o que é necessário para se lembrar de mais coisas

Letícia Yazbek Publicado em 08/06/2022, às 12h10

Imagem ilustrativa de um cérebro - Pixabay
Imagem ilustrativa de um cérebro - Pixabay

Por que nos esquecemos de algumas coisas, mas nos lembramos de outras?

Esquecemos quando não prestamos atenção na hora em que os fatos acontecem ou porque se trata de algo que não nos lembramos com frequência. Quanto mais acessamos uma memória, mas fácil será recordá-la. A distração também dificulta a memorização. Por isso, para aprender na escola, fique bem atento

É verdade que o sono é importante para fixar as memórias?

É verdade! Durante o sono acontece a síntese de proteínas responsáveis pelo desenvolvimento de conexões neurais, o que melhora a memória. Quando dormimos, o cérebro seleciona as informações do dia, guardando o que é importante. Por isso, quem dorme mal tem memória ruim. Dica: depois de um dia de estudo, durma bem para fixar o que aprendeu.

Quando adquirimos lembranças novas, as antigas são apagadas da mente?

O cérebro tem uma enorme capacidade de armazenar informações. Ele está programado para guardar todos os fatos importantes que acontecem. Portanto, a entrada de uma nova lembrança não faz outra desaparecer – desde que as duas sejam importantes. Um fato que não é tão relevante ou que não é lembrado com frequência, pode acabar esquecido.

Por que, às vezes, nos esquecemos daquilo que sonhamos?

Só nos lembramos de um sonho se acordamos até 10 minutos após ele terminar ou quando somos acordados na hora em que estamos sonhando. Esse é o tempo necessário para o cérebro ativar a memória em estado de sonolência. Se continuarmos dormindo, vamos nos esquecer!

Ser curioso ajuda a ter boa memória?

Sim! Quando você busca uma nova informação, deixa o cérebro mais ativo, estimulando a memória (que precisa armazenar a novidade). Para exercitar essa habilidade, descubra novas informações e fique atento a tudo ao seu redor. Você também pode ler algo novo e tentar se lembrar depois.

O que é a amnésia?

É a perda da memória causada por doenças ou traumas físicos. Ela ocorre quando o hipocampo ou os lobos temporais (regiões do cérebro responsáveis pela memória) são atingidos e param de funcionar normalmente. A amnésia costuma ser temporária e pode ser total ou parcial. Por exemplo: coisas recentes ficam esquecidas, mas fatos bem antigos são lembrados.

Mas, e a memória dos animais?

Elefantes têm cérebro grande e complexo, e possuem inteligência avançada. Acostumados a percorrer grandes áreas, desenvolveram boa memória espacial. As fêmeas ensinam aos filhotes onde achar água e comida — eles não esquecem mais! Além disso, elefantes se lembram de cheiros e da aparência dos bichos do grupo. Eles até se reconhecem em espelhos!

Cientistas já comprovaram que a memória dos peixes existe! Eles recordam situações de meses atrás e são capazes, por exemplo, de se lembrar de um possível predador, mesmo após um único encontro. Além disso, peixes que já foram capturados por pescadores evitam os anzóis por ao menos 1 ano. Acredita-se que cada espécie tenha um nível de memória diferente.