Recreio
Corpo Humano / Saúde

É verdade que comer chocolate faz mal à saúde?

Esse amado doce contém alguns benéficos para o organismo, mas também pode causar diversos problemas. Saiba mais!

Letícia Yazbek Publicado em 18/06/2021, às 10h00 - Atualizado às 10h59

Imagem ilustrativa de barras de chocolate - Pixabay
Imagem ilustrativa de barras de chocolate - Pixabay

Um dos alimentos preferidos dos brasileiros, o chocolate pode trazer diversos benefícios à saúde. No entanto, deve ser consumido com moderação.

O chocolate possui substâncias flavonoides, que reduzem a chance de desenvolver doenças cardiovasculares, melhoram o fluxo sanguíneo e reduzem a pressão arterial. O cacau também é rico em antioxidantes, que previnem o envelhecimento das células. Além disso, o consumo de chocolate aumenta a produção de serotonina, substância que melhora o humor e dá a sensação de bem-estar.

No entanto, esses benefícios estão relacionados principalmente ao consumo moderado do chocolate do tipo amargo. O ideal é consumir diariamente cerca de 30 gramas de chocolate com concentração de pelo menos 50% de cacau.

O chocolate ao leite, o mais consumido no Brasil, é feito com 20% a 40% de cacau, manteiga de cacau, açúcar e leite. Já o chocolate branco não leva cacau na fórmula, por isso tem cor clara. É feito com manteiga de cacau, açúcar e leite. É o tipo de chocolate mais doce e gorduroso.

Por causa do leite, açúcar e manteiga de cacau, os chocolates ao leite e branco devem ser consumidos apenas ocasionalmente, em pequenas quantidades. Eles são ricos em gorduras saturadas, que aumentam os níveis do colesterol ruim, o LDL - por isso, podem causar doenças cardiovasculares e aumento de peso.

O chocolate também possui substâncias que podem provocar o reluxo dos sucos gástricos - o que acontece quando o conteúdo do estômago retorna para o esôfago, e provoca queimação e mal-estar.