Recreio
Corpo Humano / Curiosidades

Casos bizarros da medicina

Veja algumas histórias arrepiantes e confira livros sobre o assunto

Thaís Mariano Publicado em 20/04/2020, às 19h12 - Atualizado às 19h15

Métodos da medicina que são de arrepiar - Reprodução/Getty Images
Métodos da medicina que são de arrepiar - Reprodução/Getty Images

A medicina nos seus primórdios agia de forma totalmente experimental e submetia as pessoas a tratamentos que utilizavam técnicas bizarras e dolorosas, acreditando ser a melhor opção, confira abaixo alguns desses procedimentos: 

Sangria: a maioria dos problemas de saúde na antiguidade eram diagnosticados como excesso de líquidos no corpo do paciente e a solução encontrada para resolver isso, era retirar certa quantidade de sangue da pessoa através de um corte feito no braço ou usando algumas sanguessugas para realizar a tarefa. 

Trepanação: a trepanação era um método usado para retirar maus espíritos ou demônios que pudessem habitar o corpo da pessoa enferma, pois eles eram considerados os causadores de doenças mentais. A prática consistia em abrir um buraco no crânio do paciente, pelo qual se poderia fazer uma drenagem de líquidos e reduzir a pressão craniana, segundo o pensamento da época. 

Ferro quente: o ferro quente era usado em algumas situações e com certeza o paciente que já estava com dor passava por momentos ainda mais desagradáveis. Essa técnica era usada para cauterizar ferimentos causados por flechas por exemplo, ou até mesmo para tratar hemorróidas. 

Clyster: esse era um método usado para aplicar remédios e que hoje tem um equivalente, o supositório, mas o clyster era muito mais desconfortável por usar um aparelho e ferro que era introduzido para injetar pelo ânus, a substância da forma que se acreditava ser mais eficaz. 

Enema: ainda hoje o enema é usado para lavagem reto-intestinal, mas antigamente a técnica era aplicada com fumaça de cigarro, pois se acreditava na época que os componentes do cigarro eram capazes de curar diversas enfermidades, aquecer o corpo e ainda fazer com que a respiração de uma pessoa em fase final voltasse. 

Cadeira giratória: esse método era usado para tratar, em meados do século 19, enfermidades como a esquizofrenia  e outros problemas mentais. O paciente era colocado em uma cadeira e girado até desmaiar, e com isso eles acreditavam que o cérebro embaralhava o seu conteúdo e conseguia se livrar dos transtornos. 

E para saber mais sobre o assunto confira alguns livros disponíveis na Amazon: 

1. Medicina Dos Horrores 

Medicina


2. 30 histórias insólitas que fizeram a medicina

Medicina


3. História da Anatomia Através da Dissecação do Corpo Humano 

Medicina


4. A Horripilante Medicina da Idade Média 

Medicina


5. Da cabeça aos pés: histórias do corpo humano 

Medicina


6. Medicina Macabra

Medicina


7. O Segredo dos Corpos: Após a morte, a verdade vive

Medicina


Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com a data da publicação desta postagem. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Recreio pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.