Recreio
Corpo Humano / Corpo Humano

Além do sorriso bonito: 5 fatos curiosos sobre os dentes

Conheça alguns fatos que talvez você não sabia sobre os dentes

Christiane Oliveira Publicado em 19/03/2022, às 08h00

Imagem ilustrativa de um sorriso - Pixabay
Imagem ilustrativa de um sorriso - Pixabay

A principal função dos nossos dentes é mastigar os alimentos — além de criar um sorriso bonito quando são bem cuidados. Por isso, é importante ficar de olho na saúde deles. Visite sempre um dentista e não perca nossas dicas para mantê-los saudáveis

1. Que dureza!

Os dentes são feitos de vários minerais, como o fósforo e o cálcio. Por isso, são bem resistentes e até mais duros do que os ossos. Sabia que dentes não são considerados ossos? A composição deles não possui colágeno, substância que dá flexibilidade.

2. Na barriga da mãe

É lá que os dentes de leite são formados. Eles ficam ligados aos ossos até que terminem de se desenvolver. Isso só acontece depois que nascemos. É por volta de 6 meses de idade que começam a sair do osso e aparecer na superfície da gengiva.

3. Pontinho preto

As cáries surgem quando a escovação não está sendo feita direito. Bactérias que temos na boca se alimentam dos restos de comida e produzem um ácido que estraga os dentes. Por isso, é importante sempre se lembrar da escova!

4. Substituição necessária

Dentes de leite precisam ser trocados pelos permanentes por causa do crescimento ósseo. Na infância, a arcada dentária é menor e não suporta os dentes permanentes. À medida que a mandíbula vai crescendo, a substituição acontece de forma natural.

5. Branquinhos

A cor se deve à dentina, uma camada que fica logo abaixo do esmalte. Ela protege a polpa do dente — tecido de dentro onde ficam os nervos e os vasos sanguíneos. A dentina pode ser mais ou menos escura: uma coloração mais amarelada nem sempre significa algo ruim. Mas, se perceber alguma alteração na cor, peça para ir ao dentista.

Você sabia?

Os dentes do siso têm esse apelido porque nascem por volta dos 18 anos. Siso é o mesmo que juízo, e essa é a idade em que nos tornamos maiores de idade — e quando devemos criar juízo!