Recreio
Ciência / Alimentação

Como surgiu o leite condensado?

Descubra a origem por trás deste produto tão popular no Brasil

Lucas Vasconcellos Publicado em 11/06/2021, às 10h00 - Atualizado às 10h28

Imagem ilustrativa de uma tijela com leite condensado - Pixabay
Imagem ilustrativa de uma tijela com leite condensado - Pixabay

Para conhecer a origem do leite condensado, é preciso voltar ao século 19, quando o leite comum era vendido nas ruas. Isso fez surgir um problema: o crescimento das cidades, com mais pessoas morando nessas áreas, pedia que mais leite fosse comercializado. Só o que o produto começou a estragar antes de chegar a todos.

Foi aí que, por volta de 1856, o norte-americano Gail Barden teve uma ideia: evaporar parte da água do leite e acrescentar açúcar para que ele durasse mais. Com a Guerra Civil Americana (entre 1861 e 1865), o leite condensado ficou popular por ser mais calórico e manter os soldados alimentados.

Pouco tempo depois, o produto chegou à Europa pelas mãos dos irmãos George e Charles Page e da Nestlé, que popularizou o leite condensado pelo mundo. Ao Brasil, a novidade chegou em 1890, em embalagem que trazia estampada uma camponesa – daí o nome Leite Moça.

Doce militar

Mas o leite condensado só ficou tão popular em nosso país por causa da invenção do brigadeiro. Em 1945, Eduardo Gomes, um Brigadeiro da Aeronáutica, concorria à Presidência da República. Para ajudá-lo, eleitoras misturaram chocolate ao leite condensado, criando um doce vendido para arrecadar dinheiro para a campanha. Era o brigadeiro.

O brigadeiro Eduardo Gomes perdeu as eleições. Mas o docinho ficou muito famoso. Daí em diante, o leite condensado ganhou espaço em diversas outras receitas, como o também delicioso pudim feito com ele.