Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Ciência / Fenômenos

Por que as canetas estouram?

A explicação do por que as canetas estouram está relacionada à pressão atmosférica. Entenda como isso acontece!

Letícia Yazbek Publicado em 17/02/2020, às 14h00 - Atualizado em 20/03/2022, às 09h00

Canetas esferográficas - Pixabay
Canetas esferográficas - Pixabay

Todo mundo já passou por isso: você está escrevendo e vê uma mancha na folha. Ou deixa a caneta guardada e, quando percebe, ela estourou!

Vários fatores podem fazer uma caneta estourar. Se batermos a ponta da caneta com força, a esfera que fica ali é danificada e a tinta pode sair. Defeitos de fabricação na ponta também podem fazer a tinta vazar.

Mas, em geral, as canetas estouram quando há um aumento de pressão em seu interior. Já percebeu que existe um pequeno furo localizado no meio das canetas esferográficas? Ele serve para igualar a pressão atmosférica dentro e fora da caneta.

Esse aumento de pressão faz com que a tinta seja expelida de uma vez, pela ponta ou pela parte de trás da caneta. Isso costuma acontecer quando a ponta está entupida ou quando a caneta está submetida a altas temperaturas — quando a guardamos no bolso, por exemplo.

Quando se escreve durante muito tempo com a mão sobre o furo, a caneta também pode estourar. Por isso, é importante ficar de olho em como você usa e guarda suas canetas!