natureza   / Ecossistemas

Manguezal: Características, vegetação e fauna

Ele acontece entre ambientes terrestres e marinhos, geralmente em áreas de encontros de águas dos rios com o mar

Lucas Vasconcellos Publicado domingo 12 janeiro, 2020

Ele acontece entre ambientes terrestres e marinhos, geralmente em áreas de encontros de águas dos rios com o mar
- Getty Images

O manguezal é característico de regiões costeiras tropicais e subtropicais e influenciadas pelo regime das marés. A maré sobe e desce duas vezes por dia e pode chegar a subir mais de seis metros em algumas regiões no litoral Norte do Brasil, cobrindo muitas árvores dos manguezais! No litoral das regiões Sul e Sudeste a maré sobe apenas cerca de um metro.

A região é dominada por árvores típicas, chamadas de mangues, como o mangue-vermelho, o mangue-branco e o mangue-preto, e estão associados a outras espécies de plantas e animais. Em presença de altas temperaturas, muitos nutrientes no solo e de águas pouco salinas, os manguem podem passar de 20 metros de altura.

Embora o solo geralmente seja rico em nutrientes e matéria orgânica decomposta, é também rico em sal e pobre em oxigênio. Por isso, poucas espécies de árvores conseguem sobreviver nesses ambientes.Essas espécies possuem qualidades muito interessantes, raramente encontradas em árvores de outros ecossistemas: o mangue-vermelho possui raízes aéreas que ajudam na sua sustentação sobre o solo. O mangue-preto tem raízes em forma de lápis que ficam expostos mesmo na maré alta e ajudam na respiração, recolhendo oxigênio do ar.

As raízes dos mangues possuem um papel muito importante de fixar a terra, diminuindo a erosão, que é o desgaste do solo, causado pelo impacto das ondas. Dessa forma, os mangues protegem a costa e as comunidades que moram no litoral. A complexa organização formada pelas raízes dos mangues também funciona como filtros de sedimentos e por isso ajudam a manter a limpeza da água e melhoram as condições para que barcos possam navegar nos rios!

Manguezais são considerados grandes berçários naturais para muitos peixes, moluscos e crustáceos (importante fonte de alimentos para pessoas que moram no litoral), além de serem ambientes importantes para uma parte do ciclo de vida de muitas aves, como as gaivotas, os guarás e flamingos, e répteis e mamíferos, que os visitam para se alimentar ou para se reproduzir.

O Brasil é o terceiro país com mais áreas de manguezais do mundo, depois da Austrália e da Indonésia. São mais de 10 mil quilômetros quadrados, sendo que no norte se encontra a maior área contínua de manguezais do planeta, chamada de Costa de Manguezais de Macromaré da Amazônia. Em todo o mundo os manguezais ocupam quase 160 mil quilômetros quadrados.

 

Consultoria: Mariana Vargas Cruz (bióloga e doutorando em Genética no Instituto de Biologia da UNICAMP).

Último acesso: 28 Sep 2021 - 05:13:48 (1094681).