natureza   / Alimentação

10 frutas que talvez você nunca ouviu falar e precisa experimentar

A natureza conta com um número incrível de alimentos deliciosos e que nem sempre conhecemos. Confira alguns!

Shirley Paradizo Publicado sexta 5 fevereiro, 2021

A natureza conta com um número incrível de alimentos deliciosos e que nem sempre conhecemos. Confira alguns!
Imagem ilustrativa de uma Pitaya - Pixabay

A variedade das espécies de frutas que existem na natureza é tão grande que dificilmente alguém conseguirá provar todas elas! Algumas são doces, outras amargas, e grande parte delas tem a aparência bem diferente!

1. Mangostão

Não é à toa que o mangostão é considerado pelos asiáticos como a rainha das frutas. Apesar da casca dura e grossa, ele tem uma polpa bem suculenta e delicada. Geralmente, há cinco ou seis gomos branquinhos, de sabor bem doce e suave, com uma semente no meio de cada um. E não é fácil cultivá-la: a árvore demora até 10 anos para dar frutos.

2. Pitaya

Em inglês ela é chamada de dragon fruit (fruta dragão), por causa da casca escamosa. Tipo de cacto muito cultivado no México, Israel e China, a pitaya tem a polpa branca, amarela ou vermelha, com pequenas sementes pretas. Seu sabor é doce, semelhante ao do melão, e a consistência lembra a da gelatina.

3. Durian

Parecida com uma jaca na aparência e tamanho, ela é conhecida como a fruta mais fedida do mundo - em Singapura, há até um cartaz avisando que é proibida comê-la no metrô. Apesar do cheiro, o gosto é bem doce, apreciado principalmente em países como China, Tailândia e Malásia. As sementes costumam ser torradas e consumidas como castanhas.

4. Rambutam

O rambutam (ou rambutão) até aparece um ouriço-do-mar. E foi sua aparência estranha que lhe rendeu o nome, que significa cabeludo. A fruta nativa da Indonésia e das Filipinas tem uma polpa bem parecida ao da lichia e é bem docinha.

5. Kiwano

Também conhecido como kino ou pepino-africano, o kiwano parece uma mistura de pepino com maracujá. A casca, de cor alaranjada, é coberta de espinhos grossos. Gelatinosa, a polpa tem sabor misturado de pepino, kiwi e banana.

6. Akee

Por causa da cor e das sementes em formato de olhos, tem muita gente que confunde a akee com o nosso guaraná. As semelhanças entre as duas, porém, param por aí. Ela não é comestível em sua totalidade. As sementes e a parte vermelha dessa fruta jamaicana são altamente venenosas!

7. Mão-de-Buda

Não é à toa que essa fruta recebeu o nome de a Mão de Buda: ela lembra longos dedos. Por ser muito azeda, normalmente ela é usada para fazer doces, sucos ou bebidas. Ela também tem um forte perfume e algumas pessoas costumam manter a fruta em casa para deixar o local cheiroso.

8. Physalis

Pequena como uma cereja, ela fica protegida por um tipo de embalagem natural que, com o tempo, seca e ganha textura de papel. Quando madura, ela é doce, com um leve toque azedinho. No Nordeste do Brasil ela é chamada de camapu.

9. Seriguela

Amarela por fora quando madura, esta fruta tem uma polpa fininha com um caroço do tamanho de uma azeitona grande. É bem doce e dá para consumi-la ao natural e também como suco, sorvete e doce.

10. Tamarilho

Chamada também de tomate de árvore, tomate arbóreo ou tomate-maracujá, essa fruta é cultivada principalmente em Portugal, Nova Zelândia e Califórnia, nos Estados Unidos, mas é nativa da região dos Andes. Ela tem gosto agridoce e é muito usada para fazer sucos, geleias e molhos.

Último acesso: 03 Dec 2021 - 03:53:10 (1096918).