Conheça 7 cidades fantasma que existem ao redor do mundo

Elas foram completamente abandonadas pela população e permanecem vazias até os dias de hoje. Saiba mais!

Shirley Paradizo Publicado sexta 9 outubro, 2020

Elas foram completamente abandonadas pela população e permanecem vazias até os dias de hoje. Saiba mais!
Cidade abandonada de Pripyat, na Ucrânia - Wikimedia Commons

No mundo todo, existem cidades inteiras abandonadas. E os motivos são muitos, como catástrofes, falta de emprego ou simplesmente porque ninguém quer mais morar nelas.

1. Ilha Hashima - Japão

Cerca de 2 mil pessoas moravam na ilha de Hashima, no Japão, também chamada de Gunkajima e Gunkanshima  Na década de 1960, a população começou a ir embora depois que a mina a de carvão que funcionava por lá fechou. O último morador se mudou em 1974. Hoje a ilha está completamente vazia. Só restaram construções abandonadas e caindo aos pedaços. Por seu aspecto sinistro, ela passou a ser chamada de “ilha dos espíritos”. E muita gente que acredita que o lugar é mal-assombrado.

2. Centralia - Estados Unidos

Em 1962, um incêndio no lixão em Centraia, na Pensilvânia, Estados Unidos, se espalhou para uma mina de carvão. O acidente liberou gases tóxicos no subsolo da cidade, e os quase 3 mil habitantes foram retirados de suas casas. Hoje o lugar virou uma cidade-fantasma, completamente abandonada. Muitas construções ainda resistem, mas o fogo ainda queima no subterrâneo. Nuvens de fumaça saem pelas rachaduras da estrada e grandes buracos no chão costumam aparecer, liberando um calor de 1000ºC e vapores perigosos no ar.  E, acredite, o fogaréu pode durar até os próximos 500 anos!

3. Craco - Itália

Construída num penhasco, a cidade de Craco, na Itália, foi se esvaziando até ficar deserta. Desde que foi fundada, por volta de 8 a.C, o lugar passou por diversos problemas, como peste negra  (doença que causava bolhas de pus e sangue no corpo e levava à morte), guerras e falta de alimentos. Os últimos moradores do lugar partiram em 1963, quando um terremoto causou um grande deslizamento de terra. Com medo que tudo viesse morro abaixo, as pessoas nunca mais voltaram para lá. O desmoronamento nunca aconteceu. Hoje, a cidade é um popular destino turístico e local de gravações.

4. Pripyat - Ucrânia

Pripyat era a residência da maioria dos funcionários da usina de Chernobyl, onde aconteceu o maior acidente nuclear da História, em 1986. Quando o reator explodiu, as cerca de 50 mil pessoas que moravam na cidade tiveram que deixar suas casas e todos os seus pertences para trás. Devido aos altos níveis de radiação, Pripyat até hoje é uma cidade fantasma. Ela só recebe a visita de cientistas e de grupos de turistas.

5. San Zhi - Taiwan

O vilarejo de San Zhi foi construído em 1978 para funcionar como uma espécie de cidade para férias. A arquitetura moderna, que lembra espaçonaves alienígenas, faz o local parecer uma colônia extraterrestre. Conta-se que durante a sua construção aconteceram muitos acidentes misteriosos com os trabalhadores. Desde então, espalhou-se a lenda de que o lugar era amaldiçoado, fato que impediu as pessoas de passarem temporadas de férias no local.

6. Kolmanskop - Namíbia

Construída em 1980 como um refúgio para aventureiros em busca de diamantes, Kolmanskop foi a primeira cidade do continente africano a ter uma máquina de raios-X. E ela não servia para melhorar a saúde de seus habitantes, mas para verificar se um deles tinha engolido pedras preciosas. Em 1954, o lugar perdeu seu último habitante. Hoje, hospital, cassino, escola e até uma discoteca são frequentados somente pelas areias do deserto, que cobrem quase todas as construções.

7. Fordlândia - Brasil

Até o Brasil tem sua cidade fantasma. A Fordlândia, no Pará, foi erguida em 1928 pelos donos da fábrica de automóveis Ford. Ela serviu de moradia para os mais de 3 mil trabalhadores da empresa, que garantiam o abastecimento de borracha para os pneus dos carros produzidos nos Estados Unidos. Habitada por brasileiros e norte-americanos, tinhas casas, escola de inglês, hospital, cinema e todo o conforto de uma cidade grande. Com a descoberta da borracha sintética, a exploração chegou ao fim e, um a um, os moradores foram abandonando a cidade e se mudando para regiões próximas.

Último acesso: 04 Dec 2021 - 22:52:17 (1100106).