7 ilhas impressionantes no Brasil que você precisa conhecer

Conheça alguns lugares do nosso País que possuem paisagens de tirar o fôlego!

Bruna Cardoso Publicado sexta 26 fevereiro, 2021

Conheça alguns lugares do nosso País que possuem paisagens de tirar o fôlego!
Ilha de Marajó, no Pará - Flickr

Gigante!

A Ilha de Marajó (Pará) é banhada pelas águas do Oceano Atlântico e dos rios Amazonas e Tocantins. Considerada a maior ilha brasileira, com cerca de 40 mil quilômetros quadrados (equivalente ao tamanho da Suíça), está dividida em 15 municípios (os principais são Soure e Salvaterra). São mais ou menos 250 mil habitantes, além do maior rebanho de búfalos do país (mais de 600 mil animais). E sabia que, em Marajó, ao invés de nomes, as ruas e travessas são numeradas?

Formação diversa

O arquipélago Trindade e Martim Vaz, em Vitória (Espirito Santo), é formado por duas ilhas principais (Trindade e Martim Vaz), vários rochedos menores (com o Rochedo Agulha) e duas ilhotas de difícil acesso (Ilha do Norte e Ilha do Sul). No meio de tudo isso, o único lugar habitado é a ilha da Trindade, onde existe um Posto Oceanográfico, mantido pela Marinha do Brasil, para preservar a ilha – são 9,2 quilômetros quadrados de área, a 2.400 quilômetros da África.

Cheia de animais

Ilha Grande é um município de Angra dos Reis (Rio de Janeiro) com 193 quilômetros quadrados e 100 praias de água cristalina – como a Praia Vermelha, a Praia de Dois Rios e a Praia do Aventureiro. Os turistas se divertem com passeios de barco, mergulho, surfe e trilhas ecológicas. É muito comum encontrar golfinhos, saguis e tartarugas!

Abrigo de recifes

A Ilha de Itaparica fica na Baía de Todos os Santos (Bahia), abriga os municípios de Itaparica e Vera Cruz (total de 55 mil habitantes) e tem área com cerca de 146 quilômetros quadrados. A costa é cercada pelos Recifes das Pinaúnas (recifes de coral) e há diversas algas e bichos marinhos, como ouriços-do-mar. O local ainda tem mais de 40 quilômetros de praias!

Riqueza ambiental

Conhecida como a maior ilha fluvial do mundo, a Ilha do Bananal (Tocantins) é cercada pelas águas dos rios Araguaia e Javaés. São mais ou menos 25 quilômetros quadrados de área, na divisão entre Tocantins os estados de Goiás e Mato Grosso. Essa é ilha é considerada Reserva da Biosfera (lugar que se preocupa com a conservação da biodiversidade) e faz parte do Parque Nacional do Araguaia. Por lá, vivem 600 tipos de aves e outras espécies, como a onça-pintada. A população local abrange grupos indígenas: dos 15 mil habitantes, 2 mil são índios.

A pé!

Na Baía de Paranaguá, a 4 quilômetros do litoral do Paraná, está a Ilha do Mel. A preocupação com a preservação do local é grande: não entram carros nem veículos puxados por animais, não há iluminação pública nem asfalto. A ilha é uma Reserva da Biosfera (lugar que conserva a biodiversidade da região) e tem 25 quilômetros de praias – consideradas as melhores do Paraná. Quem visita não pode perder o Farol das Conchas, construção de 1870!



A mais famosa!

No arquipélago de Fernando de Noronha (Pernambuco) é possível encontrar 21 ilhas, ilhotas e rochedos vulcânicos – desde 2001, o local é considerado Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). A principal ilha, também chamada de Fernando de Noronha, tem 17 quilômetros quadrados, com direito a vilas residenciais e diversos serviços (aeroporto, escola, hospital e restaurante). Quem visita pode fazer caminhadas, passeio se barco, observar os golfinhos e mergulhar nas águas cristalinas da região!

Último acesso: 04 Dec 2021 - 23:03:50 (1093284).