Mais de 1 milhão de contas são banidas do Free Fire em apenas duas semanas pela utilização de hacks

Os números oficiais foram divulgados pela Garena

Publicado terça 13 abril, 2021

Os números oficiais foram divulgados pela Garena
Imagem promocional de Free Fire - Divulgação/Garena

Segundo informações divulgadas pela Garena, entre as semanas dos dias 21 de março e 3 de abril, a empresa baniu de forma definitiva cerca de 1,3 milhão de jogadores do Free Fire pela utilização ilegal de hacks, scripts e outros aplicativos para ganhar vantagem dentro das partidas do Battle Royale.

É importante lembrar que a utilização dessas tecnologias é estritamente proibida dentro dos jogos competitivos e, com o banimento permanente, se torna impossível a recuperação da conta.

Desde o ano passado, a empresa anunciou que tem aumentado seu esforço para impedir que trapaças continuem acontecendo, criando sistemas específicos anti-hack e fazendo vista grossa com todos aqueles que insistem em ir contra as regras impostas pelo game. Além disso, a Garena também incentiva que os próprios jogadores denunciem as infrações de outros players através dos canais oficiais.

Último acesso: 09 May 2021 - 00:37:28 (1102106).