Semana de Arte Moderna: 99 anos da manifestação artística-cultural que marcou o Brasil

Entenda como a Semana de Arte Moderna inovou e renovou a linguagem artística do país

Thaís Mariano Publicado quarta 17 fevereiro, 2021

Entenda como a Semana de Arte Moderna inovou e renovou a linguagem artística do país
Entenda como a Semana de Arte Moderna inovou e renovou a linguagem artística do país - Semana de Arte Moderna/Crédito: Reprodução

A Semana de Arte Moderna, também conhecida como Semana de 22, foi um movimento artístico e cultural que ocorreu no Teatro Municipal, em São Paulo, entre os dias 11 e 18 de fevereiro de 1922. O evento surgiu para quebrar os padrões de arte estabelecidos até então no Brasil, apresentando novas ideias e conceitos artísticos e dando maior visibilidade ao Modernismo.

Na época em que foi realizada a Semana de 22, a sociedade brasileira passava por diversas transformações sociais, políticas e econômicas, trazendo também a necessidade de uma nova estética cultural. Modelos conservadores de arte eram predominantes desde o século XIX, como formas claras e nítidas e um realismo inquestionável. Por isso, no evento, artistas se reuniram para apresentar ideias diferentes, como poesia através da declamação, artes plásticas exibidas em telas, músicas por meio de concertos, esculturas modernas e muito mais.

Era possível encontrar uma enorme variedade de obras alocadas pelo Teatro Municipal, entre esculturas, artes plásticas, maquetes e pinturas que ficaram marcadas na história.  Nomes como Mário de Andrade, Plínio Salgado, Tácito de Almeida, Oswald de Andrade,Víctor Brecheret, Anita Malfatti, Sérgio Milliet, Di Cavalcanti, Heitor Villa-Lobos e Guiomar Novaes, são apenas alguns dos participantes entre escritores, escultores e músicos que deixaram seu legado nesta data. 

As obras apresentadas durante a semana, de início, não foram bem aceitas pelo público - que se sentiu desconfortável com as novas propostas de arte. No entanto, com o passar do tempo, a manifestação gerou um enorme impacto social e mudou a percepção cultural no país, abrindo portas para novas técnicas, linguagens estéticas e movimentos.

Para conhecer um pouco mais desse movimento cultural que marcou a história do país, confira a seleção de livros abaixo e aproveite:

1. 1922 - A Semana Que Não Terminou - https://amzn.to/2ZpC3Hv 

livros


2. Artes plásticas na Semana de 22 - https://amzn.to/3biWvj3

livros


3. 22 por 22 - A Semana de Arte Moderna Vista Pelos Seus Contemporâneos - https://amzn.to/3atrk59  

livros


4. Arte Moderna no Brasil: Constituição e Desenvolvimento nas Artes Visuais - https://amzn.to/2ZmKq6O  

livros


5. Vagas lembranças da Semana de Arte Moderna de 1922 - https://amzn.to/2LYWvff

livros

 
6. Tarsila do Amaral da Semana de Arte Moderna de 22 - https://amzn.to/3jWatem 

livros


7. Semana de 22: entre vaias e aplausos - https://amzn.to/2NcMBXW 

livros


8. Isso é arte?: 150 anos de arte moderna do impressionismo até hoje - https://amzn.to/3ptImo0   

livros

 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os preços do site da Amazon. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Recreio pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/33YVM2K 
Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2EzwwaH

 

Último acesso: 01 Mar 2021 - 01:37:18 (1101860).