Conheça o Louvre, um dos maiores e mais importantes museus de arte do mundo

Localizado em Paris, ele é o responsável por expor alguma das grandiosas obras da História, como a Mona Lisa. Saiba mais!

Bruna Cardoso Publicado sexta 11 dezembro, 2020

Localizado em Paris, ele é o responsável por expor alguma das grandiosas obras da História, como a Mona Lisa. Saiba mais!
Museu do Louvre, em Paris - Pixabay

Por volta 1190, o rei francês Felipe Augusto mandou construir o Castelo do Louvre para servir como uma fortaleza de proteção contra os vikings. Depois de ser habitado por vários reis e abrigar o Ministério das Finanças, em 1793 o local passou a ser exclusivamente um museu.

Na inauguração, foram expostas  537 pinturas, sendo a maioria das obras da realeza ou de propriedades confiscadas da igreja. Durante o governo de Napoleão, a coleção foi aumentada e o local recebeu o nome de Museu Napoleão. Nos reinados de Luís XVIII e Carlos X, a coleção cresceu ainda mais.

Muitas obras!

A Mona Lisa, pintura de Leonardo da Vinci, é a principal atração do Louvre. Ela disputa atenções com a Vitória de Samotrácia, escultura grega de uma mulher alada, e a Vênus de Milo, escultura da Grécia antiga. Falando em Grécia antiga, esse é o setor que recebe mais visitas.

Uma das seções mais antigas a ser aberta no museu é a do Egito antigo. Ela abriga aproximadamente 50 mil obras, entre elas múmias, sarcófagos e peças do cotidiano da população egípcia.

O Louvre é mesmo enorme: são cerca de 35 mil obras e 380 mil itens em exposição. É impossível visitá-lo em apenas um dia. Se você demorar 1 minuto para apreciar cada obra exposta, levará meses para ver tudo.

Ficou com vontade de conhecer o museu? Com a visita online, dá para fazer um tour pelas alas e clicar nas obras para apreciá-las. Basta entrar neste site: www.louvre.fr/en/visites-en-ligne

 

Consultoria: Jamil Iskandar (especialista em Filosofia Medieval Árabe), Marcelo Flório (pós-doutorado em História pela PUC-SP e professor de História e Geografia da Universidade Anhembi Morumbi) e Zuzana Paternostro (PhD em História da Arte).

Último acesso: 03 Dec 2021 - 04:28:38 (1093950).