escola   / Educação

Colégio de São Paulo utiliza o Jogo da Vida para falar de sentimentos com alunos do Ensino Médio

Atividade visa proporcionar reflexão e expressão de emoções, angústias e anseios enfrentados pelos jovens

Publicado quarta 18 agosto, 2021

Atividade visa proporcionar reflexão e expressão de emoções, angústias e anseios enfrentados pelos jovens
Jogo do vida - Divulgação

Imagina ir para a escola e debater temas importantes enquanto usa como base o Jogo da Vida? Para muitos adolescentes de um colégio em São Paulo, isso é uma realidade. No Colégio Marista Arquidiocesano foi acrescentado ao currículo a disciplina "Gestão Pessoal e de Carreira", que tem como principal função colaborar com o aluno na construção do chamado projeto de vida.

“A necessidade de preparar o adolescente para o exercício da cidadania engloba a questão da escolha profissional, tema que está sempre em pauta, porém, atualmente se torna emergencial devido a frequente desistência dos alunos dos cursos universitários escolhidos, o que causa angústia aos jovens e suas famílias”, explica a professora responsável, Heloisa Iaconis Braga.

Com o objetivo de proporcionar um espaço para reflexão, expressão e troca de ideias, uma das propostas feitas para os alunos do terceiro ano do Ensino Médio foi a análise e releitura do Jogo da Vida, criado pela Brinquedos Estrela. Ao analisar e atualizar as situações do Jogo da Vida, considerando os próprios desejos, anseios, inseguranças, angústias e perspectivas, os jovens estão tendo a oportunidade de se expressar e compartilhar com os colegas essas emoções.

De acordo com a docente Heloisa Iaconis Braga, ao comparar as situações do jogo com sua realidade e sentimentos, os alunos puderam refletir sobre seus objetivos e projetos, ampliando sua visão sobre essas questões.

“Por meio dessa atividade lúdica, [os alunos] depararam-se com situações cotidianas que envolvem escolhas e decisões, o que possibilitou, de forma leve e descontraída, que se projetassem para o futuro e repensassem questões importantes que devem ser consideradas em seu projeto de vida”, esclarece.

Divulgação

Ainda segundo a professora, a elaboração de planos de ação é importante para evitar que as pessoas “se percam” no caminho e, com isso, deixem para trás sonhos, metas pessoais ou profissionais.

“Planejar ajuda a aumentar a segurança de que obteremos sucesso. Afinal, sem planos, sem direção a seguir, sem objetivos, como conseguiremos manter nossa motivação e dar sentido à nossa existência?”, questiona Heloisa.

Segundo a aluna Emily Silva de Oliveira, que participou da atividade, é muito importante entender que as pessoas possuem perspectivas distintas de mundo e diferentes escolhas de vida, dessa forma, no jogo, ações como casamento ou ter filhos se tornam apenas opções. “Somos livres para escolher e seguir diferentes caminhos, inclusive discussões sobre sexualidade também são imprescindíveis. Podemos levantar vários pontos sobre as questões apresentadas durante o jogo, como, por exemplo, se estamos dando a devida importância à nossa saúde ou se estamos fazendo algo que realmente nos traz satisfação pessoal”, explica.

Último acesso: 28 Sep 2021 - 03:38:39 (1102756).