Por que o Homem de Ferro morre em Vingadores: Ultimato?

Os roteiristas responsáveis pelo filme revelaram o motivo por trás da morte do personagem. Confira!

Publicado segunda 29 junho, 2020

Os roteiristas responsáveis pelo filme revelaram o motivo por trás da morte do personagem. Confira!
Cena da morte do Homem de Ferro em Vingadores: Ultimato - Divulgação/Marvel

Em Vingadores: Ultimato, uma das cenas que mais emocionou os fãs foi, com certeza, a que o Homem de Ferro morre após estalar os próprios dedos enquanto utilizava a Manopla do Infinito. Em recente entrevista à Vanity Fair, os roteiristas responsáveis pelo filme, Christopher Markus e Stephen McFeely, revelaram o motivo por trás da decisão de tirar a vida de Tony Stark.

"A morte dele legitimou a coisa toda, sabe? Se o personagem continuasse vivo, as pessoas iriam perder o interesse em tudo que veio antes da morte [de Tony Stark], perderia o sentido. A história teve começo, meio e fim, é disso que se trata o sacrifício dele", comentou Christopher.

Markus ainda completou dizendo "Ao longo dos filmes, percebemos que Tony e o Capitão [América] estavam cruzando seus arcos. Steve sempre se sacrificava pelos outros, mas acabou se tornando mais individualista. Em Guerra Civil ele tomou decisões baseadas em sentimentos pessoais, mesmo sabendo que iria desmontar os Vingadores. Tony foi pelo caminho contrário, ele era egoísta e impetuoso, mas percebemos que ele suportou todo o fardo de ser um herói se sacrificando pelo universo".

Lançado em 2019, Vingadores: Ultimato fechou a Fase 3 do MCU e se tornou um dos maiores sucessos do cinema mundial, arrecadando sozinho mais de 2,8 bilhões de dólares em bilheteria.

Último acesso: 15 Jul 2020 - 12:06:20 (1100779).