DC Comics anuncia Yara Flor, a nova Mulher-Maravilha brasileira

De origem amazônica, a personagem fará parte da saga DC Future State, que mostra novas versões de clássicos personagens

Daniela Bazi Publicado sexta 16 outubro, 2020

De origem amazônica, a personagem fará parte da saga DC Future State, que mostra novas versões de clássicos personagens
Yara Flor, a nova Mulher-Maravilha brasileira da DC Comics - Divulgação/DC Comics

Ontem, 15, a DC Comics fez um anuncio em seu site oficial que empolgou os fãs, principalmente os do Brasil: a chegada da indígena brasileira Yara Flor, a nova Mulher-Maravilha de origem amazônica. A personagem fará parte da saga DC Future State, que tem previsão de publicação para 2021, e contará uma nova versão de alguns clássicos heróis, como o Superman que será assumido por Jon, filho de Clark Kent.

De acordo com Jamie S. Rich, editor do grupo de Superman em entrevista ao portal IGN, "Ela é do Brasil, mas é uma imigrante nos Estados Unidos. Também tem esse elemento na história dela. Apesar da gente ver ela atualmente ativa como a Mulher-Maravilha, eventualmente vamos descobrir sua origem - parcialmente com ela entendendo o que isso significa, de onde ela é, por que ela é isso, como ela se relaciona com Diana e com as outras amazonas".

Sobre as diferenças entre Yara e Diana, Rich diz "Diana Prince é uma deusa, então ela sempre está um pouco acima de nós. Esta é uma chance de meio que voltar a uma das raízes antigas da Mulher-Maravilha, na qual Diana tentava ser uma humana e aprender como ser humana. Agora vamos na direção oposta - como uma humana aprende a ser uma deusa?".

Com a chegada do Future State, boa parte das HQs regulares da DC acabarão sendo substituídas por edições especiais focadas nos novos personagens durante os dois meses de duração do evento. No entanto, a editora deixou claro que isso não significa o fim dois heróis originais, e que eles continuarão a existir em diferentes publicações.

Último acesso: 21 Oct 2020 - 21:35:28 (1101260).