Como surgiu o BLACKPINK?

Conheça a história por trás de um dos maiores grupos femininos da atualidade

Daniela Bazi Publicado sexta 13 novembro, 2020

Conheça a história por trás de um dos maiores grupos femininos da atualidade
BLACKPINK para a música Lovesick Girls - Divulgação/YG Entertainment

Assim como a grande maioria dos grupos de k-pop, o BLACKPINK surgiu através do processo de trainee das agências de entretenimento da Coréia do Sul. No início da década de 2010, com o grande crescimento dos girlgroups, a YG Entertainment decidiu que já estava na hora de debutar uma nova banda feminina pela empresa — na época eles possuíam apenas o 2NE1, que estreou em 2009 e em pouco tempo fez história na música coreana e internacional.

Sendo assim, foram abertas as audições não só na Ásia como também em outras partes do mundo para buscar talentosas candidatas que pudessem fazer parte da agência. Segundo o documentário BLACKPINK: Light Up the Sky, do Netflix, a ideia inicial da YG era criar um grupo grande e, por isso, um grande número de garotas foram aceitas com o decorrer dos anos para participarem dos treinamentos.

O início

Jennie foi a primeira a chegar na empresa, no ano de 2010. Na época, ela tinha apenas 14 anos, e voltava de um intercâmbio na Nova Zelândia, onde viveu sozinha por volta de 5 anos. Durante seus anos de trainee, chegou a fazer parcerias com alguns dos maiores nomes da YG como a cantora Lee Hi e o rapper G-Dragon, do BIGBANG.

No ano seguinte, mais duas integrantes chegavam à empresa: Jisoo e Lisa. A primeira, na realidade, havia entrado na agência pois tinha o interesse em atuar, e passou logo de cara. Jisoo, com 15 anos, se tornou a mais velha entre as trainees junto com Jennie e, por este motivo, as duas logo se tornaram muito próximas desde o início.

bp
BLACKPINK durante a época de trainee no documentário BLACKPINK: Light Up the Sky / Crédito: Divulgação/Netflix

Enquanto isso, Lisa já chegou fazendo história. Com apenas 13 anos, ela foi a primeira estrangeira a entrar na YG. Natural da Tailândia, a garota conseguiu vencer milhares de meninas em seu país natal, e se mudou para a Coreia sabendo apenas uma palavra em coreano. Na empresa, ela passou a ter aulas do idioma, onde Jisoo sempre a ajudou com as expressões, e passou a conversar bastante com Jennie, já que a mesma era a única que sabia falar inglês.

A última a chegar na agência foi Rosé, em 2012, aos 14 anos. Com os pais coreanos, a jovem nasceu na Nova Zelândia, mas viveu praticamente sua vida inteira na Austrália, onde fez sua audiência para a empresa. Após ser aprovada, se mudou para a Coreia do Sul e, ao chegar nos dormitórios, foi orientada a permanecer em um quarto com outras três garotas: Jisoo, Jennie e Lisa.

Debut, Monster Rookies e sucesso

Quatro anos depois de muito treinamento, em 2016, a YG Entertainment anunciou que, finalmente, debutaria o seu mais novo girlgroup: o BLACKPINK. Seus dois singles de lançamento foram BOOMBAYAH e Whistle, onde, com a segunda música, tiveram sua primeira vitória em um programa musical coreano, se tornando o grupo mais rápido a atingir o feito, com apenas 13 dias desde o seu debut.

No mesmo ano, as meninas também lançaram outras duas músicas, Stay e Playing With Fire, que também atingiram números impressionantes e ajudaram a garantir o apelido de “Monster Rookies”, dado pelo público e pela imprensa devido ao grandioso sucesso que o grupo fez logo em seu ano de estreia.

bp
BLACKPINK para a clipe da música Ddu-Du Ddu-Du / Crédito: Divulgação/YG Entertainment

Desde então, se tornou impossível parar o BLACKPINK. Em 2017, o conceito pink, que mostrava um lado mais fofo de Jisoo, Jennie, Rosé e Lisa foi apresentado, ganhando o coração de todos. Porém, foi no ano de 2018 com Ddu-Du Ddu-Du que os olhos do mundo se voltaram para o grupo. O sucesso foi tão grande que gerou para as garotas um contrato com a Interscope Records para agenciar suas carreiras de modo internacional. Atualmente, o clipe da música já ultrapassou a impressionante marca de 1,1 bilhão de views.

Após o estouro, o crescimento do grupo se torna cada vez maior a cada dia. Entre os seus feitos, estão o grupo feminino mais rápido a atingir 100 milhões de visualizações no YouTube, o primeiro grupo de k-pop a performar no festival de música Coachella, o girlgroup com mais streamings no Spotify, o ato feminino coreano de maior sucesso na Billboard Hot 100, e muito mais. Com apenas quatro anos de carreira, este é apenas o começo para o BLACKPINK.


+Assine Amazon Music para ouvir músicas K-POP- https://amzn.to/2WBSheM

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Recreio pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/3doipAM

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2WBSheM

Último acesso: 28 Sep 2021 - 04:04:26 (1101410).