8 fatos curiosos sobre os vilões da Disney que você precisa saber

Conheça algumas curiosidades que nunca te contaram sobre os personagens mais malvados das suas animações favoritas

Daniela Bazi Publicado sexta 15 janeiro, 2021

Conheça algumas curiosidades que nunca te contaram sobre os personagens mais malvados das suas animações favoritas
Imagem promocional da animação Os Vilões da Disney (2002) - Divulgação/Disney

Em todo filme, sempre é essencial que exista um bom vilão para acrescentar momentos de tensão na trama. A Disney sempre produziu em suas animações personagens icônicos dessa categoria que, inclusive, já chegaram a ganhar seus próprios longa metragens solo, como é o caso de Malévola e Cruella De Vil

Além disso, um filme exclusivo dos vilões já foi lançado pelos estúdios Disney no ano de 2002 chamado de Os Vilões da Disney, onde mostra a união de todos os seres malvados desse universo para dominar a famosa Casa do Mickey e transformá-la em A Casa dos Vilões. 

Mesmo assim, muitas pessoas acabam não os conhecendo tão bem bem quanto as princesas. Por isso, conheça agora 8 curiosidades que talvez você não sabia sobre os vilões da Disney.

1. Rainha Má

Você sabia que o nome verdadeiro da madrasta da Branca de Neve não é Má? Exatamente! Na realidade ela se chama Rainha Grimhilde e a sua aparência foi inspirada em uma famosa atriz que trabalhou em Hollywood entre as décadas de 1930 até o início de 1970. 

2. Gaston

Por incrível que pareça, a primeira aparição de um vilão homem nos filmes das princesas só foi acontecer em 1991 com o Gaston, em a Bela e a Fera. O personagem ainda foi inventado pelos produtores da animação, já que ele não existia no conto original, publicado no século 18 por uma mulher chamada Gabrielle-Suzanne Barbot de Gallon de Villeneuve.  

3. Hans

Na franquia de Frozen, muitos ficaram surpresos quando no final do primeiro filme Hans mostra que, na realidade, de mocinho não tinha nada. Entre todos os vilões, ele é o mais novo dentro das animações, com apenas 23 anos. Antes dele, o cargo era ocupado por Gaston, que tem 25 em sua trama. 

4. Capitão Gancho

Diferente de outros personagens, Gancho não teria sido criado para parecer realmente mau, mas sim engraçado e que servisse como um obstáculo para seu inimigo Peter Pan. Walt Disney, criador de todo o mundo Disney, teria sido o responsável por pedir que o Capitão não fosse morto no final do filme já que tinha certeza de sua boa recepção pelo público. 

5. Mãe Gothel

Sendo a responsável por sequestrar Rapunzel, trancá-la em uma torre e fingir ser sua mãe, Gothel se aproveitava da garota e de seus cabelos mágicos para manter-se jovem e nunca revelar sua verdadeira idade. Porém, seus planos acabam dando errado e ela se tornou a única vilã em toda história da Disney a morrer de velhice. 

6. Cruella De Vil

A vilã de 101 Dálmatas é uma das mais icônicas entre as animações. Além de ter seu filme sozinha, ela também é citada na trilogia de Descendentes, onde seu filho, Carlos, é um dos personagens principais da trama. Sua personalidade é tão reconhecida no mundo do cinema que ela se encontra na posição 39 do ranking feito pelo Instituto Americano de Cinema (AFI), em que listava os 50 maiores vilões de todos os tempos. 

7. Úrsula

Inicialmente, quando a história de A Pequena Sereia ainda estava sendo montada, os produtores e roteiristas tiveram a ideia de transformar Úrsula em irmã de Tritão, a tornando tia da Ariel. Porém, eles acabaram voltando atrás e isso nunca saiu do papel. No final, ela apenas é uma bruxa do mar que tem o desejo de se tornar a rainha de Atlântida e não tem nenhum parentesco com o rei das águas.

8. Lady Tremaine

Diferente dos outros vilões de Cinderela, como as irmãs postiças Drizella e Anastasia, a madrasta Lady Tremaine foi desenhada da forma mais realista possível diante das tecnologias existentes no final da década de 1940, antes de seu lançamento em 1950. O intuito era que a personagem ficasse com um ar mais medonho do que os outros, e expressasse seu lado ruim apenas com suas expressões. 


+Saiba mais sobre a Disney por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Walt Disney: O triunfo da imaginação americana, de Neal Gabler (2020) - https://amzn.to/3dqu81s

Tio Patinhas E Pato Donald: Fugindo Do Vale Proibido, de Don Rosa (2020) - https://amzn.to/2W7DuJU

A magia do império Disney, de Ginha Nader (2019) - https://amzn.to/2WzLzGk

Todos Os Milhões Do Tio Patinhas Vol, de Fausto Vitaliano (2020) - https://amzn.to/2LaAYMs

A Saga De Sir Pato E Sor Patinhas: Capa Dura, de Guido Martina (2020) - https://amzn.to/2SYoGvl

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Recreio pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/3doipA

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2WBSheM

Último acesso: 24 Oct 2021 - 21:14:02 (1100294).