Ingerir vitamina C ajuda a evitar o coronavírus?

Entenda qual é a sua função e como ela ajuda o nosso organismo

Letícia Yazbek Publicado quarta 25 março, 2020

Entenda qual é a sua função e como ela ajuda o nosso organismo
- Pixabay

Provavelmente a mais conhecida das vitaminas, a vitamina C está presenta em frutas cítricas, como laranja, limão, acerola, kiwi, maracujá e abacaxi, além de manga, caju e uva. Ela também pode ser encontrada em medicamentos, que costumam ser ingeridos com o objetivo de evitar gripes e resfriados.

Com a atual pandemia do novo coronavírus, os estoques de vitaminas C das farmácias e drogarias têm se esgotado rapidamente. Mas será que a ingestão da vitamina ajuda mesmo a evitar que a doença se instale no organismo?

Após ser ingerida, por meio de alimentos ou medicamentos, a vitamina C participa de diversas ações fundamentais para o funcionamento do organismo humano. Ela tem forte ação oxidante, protegendo as células contra danos causados por agentes externos.

A vitamina C fortalece o sistema imunológico e ajuda na produção de glóbulos brancos, que agem contra invasores como os vírus causadores de gripes, resfriados e do novo coronavírus. Dessa forma, a ingestão dessa vitamina deixa o corpo mais forte e preparado para combater o invasor. Com um sistema imunológico forte, o corpo consegue trabalhar para estabelecer sua saúde mais rapidamente

No entanto, a vitamina C não tem a capacidade de impedir que o vírus entre no organismo e provoque a doença. Consumir a vitamina depois que o vírus já está instalado no corpo também não adianta, pois a substância não é capaz de matar o invasor.

Se alimentar bem é essencial para que o organismo consiga combater possíveis doenças, como o coronavírus. No entanto, a principal medida de prevenção é a higiene adequada das mãos - evitar levar as mãos aos olhos, nariz e boca, e lavá-las bem frequentemente. Evitar aglomerações e permanecer em casa também evita que o organismo seja exposto ao vírus.

Último acesso: 28 Mar 2020 - 18:10:08 (1100225).