ciencia   / Alimentação

Um estouro! Descubra como o milho vira pipoca

Entenda como acontece essa deliciosa transformação

Publicado sexta 24 julho, 2020

Entenda como acontece essa deliciosa transformação
Imagem ilustrativa de pipoca - Pixabay

Parece mágica: em um minuto é milho, no outro vira pipoca. Imagine só o susto que os povos antigos tomaram quando, sem querer, deixaram uma espiga bem perto do fogo! Os arqueólogos acham que essa delícia foi descoberta por acaso, há milhares de anos.

Os fósseis mais antigos foram encontrados na América do Norte e, dizem os estudiosos, pertenciam a culturas pré-colombianas. Veja só como acontece essa transformação.

1. Coberto por uma casca bem dura, o milho de pipoca tem água no seu interior. Além disso, lá dentro estão o gérmen, que dá origem a uma nova planta e grãos de amido bem pequenos e duros.

2. Quando o milho vai para o fogão ou para o micro-ondas e atinge os 230ºC, duas mudanças acontecem: a água que está lá dentro se transforma em vapor e os grãos de amido ficam gelatinosos e inchados.

3. O calor faz a pressão aumentar, e o vapor começa a empurrar a casca com toda força. Então, os grânulos de amido estouram. Depois do estouro, a água evapora no ambiente e o amido sai pela casca, como se o milho tivesse virado do avesso! A parte branca e fofa da pipoca é formada pelas bolhas de amido que estouraram e se juntaram.

Quando fizer pipoca no microondas, siga as instruções que pedem para um lado ficar voltado para cima. Ele é feito de um material que atrai mais calor e, portanto, deve ficar para baixo, onde os grãos caem.

Sabia que nem todo milho vira pipoca? Para a transformação acontecer, ele deve ser de uma espécie com bastante água em seu interior.

Último acesso: 27 Sep 2020 - 01:26:43 (1100076).