Zoo

Conheça a cacatua

Ave de topete!

De olho no penacho
O topete que as cacatuas têm na cabeça não é apenas um enfeite! Ele indica o humor do animal. Quando está todo aberto e arrepiado, significa que a cacatua está bem-humorada. Se estiver encolhido, é sinal de que ela não está nos melhores dias! Macho e a fêmea possuem o penacho colorido.

Direto da Austrália
A cacatua é uma ave original da Oceania. Entre as 20 espécies conhecidas, as que mais existem no Brasil são: cacatua galerita (branca com topete amarelo), alba (toda branca), gala (corpo rosa e asas e costas cinzas), sanguínea (branca com topete bem pequeno) e sulphuria (tem a bochecha amarela).

Ótima companheira
Você já deve ter visto que muitas pessoas têm cacatuas como bichos de estimação. Elas são mesmo ótimas companheiras! Brincam bastante e adoram receber atenção. 

Elas aprontam todas!
Cacatuas são animais muito inteligentes! Aprendem facilmente a imitar a voz humana e a assobiar músicas. E cuidado com o que você deixa ao alcance dela pela casa: cacatuas gostam de bicar tudo o que encontram, até aquele enfeite que a sua mãe adora!

Bicho ou artista?
Quando são treinadas, essas aves podem aprender atividades bem diferentes, como andar de patinete e de patins. Na Europa e nos Estados Unidos, é comum ver cacatuas participando de shows, em que até acertam bolas em cestas de basquete!

Unidas para sempre
Na natureza, cacatuas vivem em bandos e os casais se formam na época da reprodução. Mesmo após o nascimento dos filhotes (elas botam entre 3 e 5 ovos por vez), o casal continua junto, até um dos dois morrer. Macho e fêmea dividem os cuidados com as pequenas cacatuas, que se tornam independentes aos 4 meses de vida. 


Você sabia que...
... cacatuas não suportam o frio e não podem ficar expostas ao vento? Caso contrário, ficam doentes facilmente. 

Fica da cacatua
Tamanho: de 35 centímetros a 70 centímetros
Peso: de 300 gramas a 1 quilo
Tempo de vida: até 80 anos em cativeiro
O que come: ração para aves, sementes, frutas e verduras
Onde vive: é original da Austrália e de ilhas da Oceania


CONSULTORIA: Pierre J. Alonso (zootecnista pela USP).

18/03/2017 - 07:00

Assine Recreio e receba todo mês na sua casa! Clique Aqui