Notícias

18 de abril: Dia do Amigo!

Viva a amizade!

Dividir os momentos bons (e os ruins!), passear, dar boas risadas... Enfim, se divertir! É por isso, e muito mais, que ter amigos é uma das melhores coisas da vida! Mas manter uma amizade nem sempre é fácil... Veja nossas dicas para saber o que fazer em algumas situações difíceis e deixe este Dia do Amigo (e todos os outros dias) ainda mais incrível!


Meu melhor amigo (ou melhor amiga) está passando por um momento ruim!

DICA: O melhor a fazer é apoiá-lo – se for preciso, deixe que ele chore para liberar as emoções e ofereça um abraço. Pequenos atos fazem toda a diferença! Se você não souber o que dizer, fique em silêncio – o que vale é a sua presença e a demonstração de amizade.

Não consigo me abrir com meus amigos!
DICA: O único jeito de conhecer melhor uma pessoa e ter amizades mais legais a cada dia é se abrir e passar mais tempo juntos. Vença a timidez aos poucos. Você verá como dividir é bom!

Mudei de escola e estou com medo de não fazer novos amigos.
DICA: Cuidado para não ser muito rigoroso com os novos colegas. Eles não têm a obrigação de fazer o que você quiser nem serão iguais aos seus antigos amigos. Aproveite a companhia deles e, aos poucos, comece a descobrir quem mais combina com o seu jeito de ser.

Meu melhor amigo (ou melhor amiga) foi morar em outra cidade.

DICA: Fique tranquilo! Isso não quer fizer que a amizade entre vocês acabou. Apesar da distância física, vocês podem se comunicar pela internet. E, quem sabe, seus pais não deixam você fazer uma incrível viagem de férias para visitá-lo?

Meus amigos só me criticam!
DICA: Se eles vivem falando mal da sua roupa ou do seu cabelo, faça uma única pergunta a si mesmo: você se sente bem do jeito que é? Então, está na hora de dar um basta nesses amigos! Ignore as opiniões deles por um tempo (antes que você passe em acreditar em coisas que não são verdade). O importante é se sentir confortável com quem você é!

Não gosto do novo grupo de colegas do meu melhor amigo (ou melhor amiga)!
DICA: Lembre-se de que é importante respeitar o espaço dele (ou dela) e tente entender que os novos amigos são apenas diferentes de você. Se isso estiver deixando você muito chateado, chame a pessoa para conversar, explique o que está acontecendo e tentem encontrar uma solução juntos!


Consultoria:
Renata Yamasaki (psicóloga e psicopedagoga, especializada em orientação familiar e atendimento a crianças e adolescentes). 


18/04/2017 - 10:00

Assine Recreio e receba todo mês na sua casa! Clique Aqui