Natureza

Por que chove granizo?

Cuidado com a cabeça

Esse fenômeno, chamado de granizo, começa a se formar como qualquer chuva. Primeiro, o calor do Sol faz a água dos rios, lagos e oceanos evaporar. Daí, por ser mais leve do que o ar, o vapor sobe, encontra partículas sólidas, como poeira, e se condensa, formando várias gotículas que, juntas, dão origem às nuvens.

Lá vem gelo
A diferença entre a formação de nuvens de chuva comum e nuvens que causam tempestades de granizo está no clima que, no caso das pedras de gelo, precisa ser quente e úmido. 

Quando isso acontece (normalmente na primavera e no verão), grandes massas de ar cheias de vapor sobem para a atmosfera formando imensas nuvens de tempestade que, às vezes, atingem regiões muito altas, onde a temperatura está abaixo de zero grau Celsius. 

Por causa do frio, as gotas de água congelam e viram pedrinhas de gelo que ficam subindo e descendo dentro da nuvem. É assim que, com o tempo, elas se unem a mais partículas e cristais de gelo, até ficarem pesadas o suficiente para despencar.

No meio do caminho até o chão, algumas pedras derretem, enquanto as maiores chegam ao solo como granizo. Daí, dependendo do tamanho e da quantidade, causam estragos em casas, carros e plantações.

Escuridão
Basta uma tempestade se aproximar e o céu começa a ficar negro. É que as nuvens que geram temporais são formadas por uma enorme quantidade de gelo e gotas grandes de água. Por isso, ficam tão espessas que impedem a passagem da luz do Sol e parecem bem escuras. As nuvens branquinhas têm menos gelo e gotas menores, o que permite que a luz solar passe por elas.

Vários tipos
Nem toda chuva é igual. A garoa ou chuvisco surge de nuvens baixas e acinzentadas e é formada por gotas pequenas e redondas, que caem unidas e parecem flutuar. Quando as nuvens estão bem cheias de água, acontece a chuva comum, com pingos grandes. E se as nuvens estão muito carregadas e pesadas, caem gotas ainda maiores, que podem vir acompanhadas de raios.

Aroma especial
Sabe aquele cheirinho que fica no ar quando a chuva vai embora? Parece mentira, mas ele é causado por bactérias. Logo que começa a chover, gotas que caem no chão fazem subir minúsculos grãos de terra onde vivem essas bactérias. Então, quando entram em contato com a água, as bactérias iniciam seu processo de reprodução, que só acontece se houver umidade, e liberam o “cheiro da chuva”.


Você sabia que...

- Tempestades de granizo podem ter pedras de gelo muito grandes? Há registros de algumas com 20 centímetros de diâmetro (mais ou menos o tamanho de uma bola de boliche).

- Granizo não é só gelo? Dentro das pedras existem camadas que intercalam também água líquida.

- A cada minuto acontecem cerca de 100 tempestades no planeta? Isso gera entre 60 e 100 raios por segundo.

- Nem todas as nuvens acabam em chuva? Algumas têm gotículas de água tão pequenas que evaporam antes de cair.

- A cidade em que mais chove no mundo é Mawsynram, na Índia? Ela está no estado de Meghalaya, palavra que quer dizer “morada das nuvens”. Já o lugar mais seco é o deserto do Atacama, no Chile.

- Tomar chuva não deixa ninguém resfriado? Mas, quando ficamos expostos a mudanças rápidas de temperatura, o corpo fica mais sensível.


CONSULTORIA: Carlos A. M. Rodriguez, Ricardo de Camargo e Fabio L. T. Gonçalves (professores do Departamento de Ciências Atmosféricas da USP), Isimar de A. Santos (professor do Departamento de Meteorologia da UFRJ) e Marcelo E. Seluchi (meteorologista do CPTEC/INPE).

12/09/2017 - 18:00

Assine Recreio e receba todo mês na sua casa! Clique Aqui